Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Violência contra a mulher: padrasto é preso suspeito de matar jovem de 18 anos

Postado em: 02/05/2019

Compartilhe esta notícia:

Alfredo Henrique, FOLHAPRESS

Thainá Cristina da Luz, 18 anos, foi morta na manhã desta quarta-feira (1º) no Capão Redondo (zona sul). O padrasto dela foi preso, após tentar se esconder em um bar. O caso foi registrado como feminicídio (quando a vítima é morta pelo fato de ser mulher).

Segundo a polícia, a jovem foi encontrada morta em uma casa na avenida Carlos Lacerda, “com perfurações” pelo corpo. A arma usada no assassinato não foi informada até a publicação desta reportagem, da mesma forma que a motivação para o crime.

Testemunhas relataram à Polícia Militar que o padrasto de Thainá, de 32 anos, teria cometido o crime e indicaram o local onde o corpo da vítima estava. Um celular foi apreendido durante a ocorrência.

O caso de Thainá é o quinto de feminicidío registrado no estado em uma semana.

Além da vítima do Capão Redondo, ao menos cinco mulheres foram mortas entre a última quinta-feira (24) e esta quarta-feira (1º), na capital e no interior do estado. Uma das vítimas, de Campinas (93 km de SP) teve a morte registrada como “homicídio simples”.
Cinco suspeitos, incluindo o padrasto de Thainá, foram presos. A defesa deles não foi encontrada pela reportagem.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Câmara de Sorocaba vota projetos sobre combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes

Sindicato acusa Crespo de terceirizar educação para pagar a campanha política

Prefeitura descarta 5 toneladas de produtos apreendidos em barracão

Promotora acusa Crespo de “retaliar” MP e tomar terreno doado ao órgão

Traficante ‘dá bandeira’ e trio é preso com porções de cocaína, crack e pé de maconha

Criminosos montam fábrica clandestina de cigarros e são presos em Piedade