Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Procon e Vigilância interditam clínica odontológica por irregularidades no Centro

Postado em: 04/04/2019

Compartilhe esta notícia:

Uma clínica odontológica foi interditada por apresentar uma série de irregularidades, na quarta-feira (3), em Sorocaba. Além da interdição e autuação pelo Procon Sorocaba, o estabelecimento foi notificado pelo setor de Fiscalização de Posturas e pela Vigilância Sanitária, para apresentação de documentos e regularização de situação.

A interdição ocorreu devido à reincidência de reclamações sobre a clínica, principalmente pelo fato de seu público ser, em sua maioria, idosos.

No último ano, a clínica odontológica já havia sido autuada pela fiscalização do órgão, sendo que após isso, ainda no decorrer de 2018 e início de 2019, foi verificada a continuidade da prática irregular: o fornecedor continuava a transgredir o Código de Defesa do Consumidor, haja vista que, houve um aumento de reclamações referentes a não entrega de produtos, a não emissão de notas fiscais de prestação de serviço, não apresentação de orçamento prévio, negativa de assistência técnica de produtos em garantia, o não ressarcimento de valores pagos em casos de rescisão contratual, dentre outras práticas.

Após a primeira autuação deste fornecedor, o Procon Sorocaba foi procurado por mais de 19 (dezenove) consumidores, sendo que destes, 18 (dezoito) eram idosos, buscando primeiramente orientações, com posterior registro de Cartas de Informações Preliminares ou Registro de Reclamações.

Assim, dada a reincidência e a gravidade da prática, o Superintendente do Procon Sorocaba determinou a interdição cautelar do estabelecimento do fornecedor. Segundo Laerte Molleta, “Essa ação foi de suma importância pois, o público-alvo deste fornecedor é o idoso, e o PROCON Sorocaba tomou as providências cabíveis assim que verificou que a prática irregular não havia cessado”

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Sorocaba se aproxima dos 18 mil casos da Covid-19

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado de R$ 38 milhões

"Prefiro que se feche tudo do que ficar nessa meia-boca", diz padre Flávio sobre combate à covid

Votorantim confirma mais uma morte por Covid-19

Eduardo Bolsonaro: ‘será necessário uso da força na Venezuela; Maduro é criminoso’

Manga deve fortalecer atendimento e proteção a animais durante seu governo