Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

VÍDEO: mulher é espancada e desmaia em avenida de Sorocaba; agressor da vítima é ex-cunhado

Postado em: 05/10/2018

Compartilhe esta notícia:

Por Alana Damasceno

Um vídeo recebido pelo Ipa Online (assista abaixo) mostra o momento em que uma mulher fica desacordada após ser agredida pelo ex-cunhado. A agressão ocorreu no último fim de semana, na avenida Santa Cruz em Sorocaba. Câmeras de monitoramento registraram a violência.

Um boletim de ocorrência por lesão corporal, injúria, ameaça, dano e violência doméstica foi registrado sobre o caso.

A redação conversou com uma das vítimas, de 32 anos, a mulher que aparece caída no vídeo após apanhar, que não será identificada. Ela informou que, no momento, tentava defender a irmã de agressões cometidas pelo ex-companheiro dela e a nova namorada dele, momento em que foi derrubada ao chão e recebeu socos do agressor. A outra irmã tenta separar a briga, mas não consegue e é empurrada para a rua. A namorada tenta continuar com as agressões, mesmo com a vítima desacordada. Ela foi atendida pelo resgate com ferimentos, principalmente no rosto, e encaminhada à UPH Zona Norte. Ela revelou que acordou instantes depois da agressão, desnorteada e com a chegada da polícia.

Assista o vídeo (ATENÇÃO: imagens fortes)

Segundo a vítima, sua irmã compartilha a guarda do filho, de apenas 4 anos, com o ex. O garoto costumeiramente passa os fins de semana com o pai, com horário limite de voltar para a casa dela às 16 horas de domingo. Na data do fato, também um domingo, o pai e sua namorada levaram o garoto de volta por volta das 21 horas.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Civil, registrado na segunda-feira (1), a irmã relata que o casal, assim que chegou em frente ao residencial, já aparentava estar alterado e iniciou a discussão na frente da criança. A mãe então entrou de volta para o prédio com o filho, porém o autor das agressões seguiu logo atrás, inclusive passando a agredir sua irmã com a ajuda da namorada. O porteiro tentou barrar sua entrada, mas o agressor conseguiu arrancar a barra de proteção do prédio e subiu no apartamento onde mora mãe e filho. Os agressores causaram danos nos móveis. A namorada do rapaz desceu ao estacionamento e com uma barra de ferro destruiu parte do veículo de uma das vítimas.

O autor somente foi contido com intervenção de seguranças e Polícia Militar. Ele foi preso e levado ao Plantão Policial da Zona Norte, mas liberado no dia seguinte por falta de flagrante.

Ainda no boletim, a namorada do agressor cita que foi agredida por socos, tapas, puxada de cabelo, unhadas e a derrubaram no chão. Ela alegou à polícia que não danificou o carro e não agrediu as vítimas, nem praticou ameaças ou injúria.

As irmãs conseguiram na Justiça medida protetiva ordenando que o agressor permaneça afastado de ambas e não entre em contato com elas através de qualquer meio de comunicação. No documento é descrito que o filho do casal está “traumatizado com o ocorrido, pois presenciou atos de violência praticados por seu genitor”. Caso desobedeça a ordem judicial o mesmo pode pegar detenção de três meses a dois anos de prisão. Todos têm prazo de seis meses de prazo para representação de queixa/crime.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Sorocaba recebe “Dia D” contra dengue neste sábado; cidade vive epidemia

Toyota anuncia manutenção de investimentos de R$ 1 bi em Sorocaba, com 300 novos empregos

Vacinação contra a gripe continua em 13 locais nesta terça-feira

Papa Francisco apela para que todos contribuam para o bem comum

Doria: Me arrependo de ter dado voto a Bolsonaro; veja o vídeo

Crespo inclui “Ética, Solidariedade e Cidadania” como disciplina nas escolas