Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

VÍDEO - Em Votorantim, Fabíola Alves acompanha a primeira vacinação contra covid-19

Foto: reprodução
Postado em: 20/01/2021

Compartilhe esta notícia:

A prefeita de Votorantim Fabíola Alves fez, nesta manhã de quarta-feira (20), uma transmissão ao vivo, pelo seu Facebook, para divulgar a primeira dose da vacinação contra covid-19 aplicada na cidade. 


Assista o vídeo abaixo

 

A primeira servidora da rede municipal a ser vacinada é a enfermeira Nadma Helena Isquerdo Gonçalves, funcionária do setor há 25 anos. Ela atua na linha de frente, trabalhando no período noturno na Unidade de Pronto Atendimento – UPA do Jataí, atendendo pacientes com suspeita de COVID e confirmados. "É uma das primeiras funcionárias do PA, merecedora, com muitos anos de batalha. Sabemos que os profissionais são heróis", diz a prefeita no vídeo. 

A primeira das 1.400 doses da Coronavac recebidas pelo município foi aplicada na Unidade de Pronto Atendimento Materno-Infantil na região central da cidade.


Logo mais, a prefeitura de Votorantim atualizará as informações sobre a vacinação. 

Assista

 

Plano de Vacinação da Covid-19 em Votorantim

A Prefeitura de Votorantim, por meio da Secretaria Municipal de Saúde definiu logística para o Plano de vacinação da Covid-19 no município de acordo com as diretrizes da Secretaria de Estado da Saúde foi definida a que terá início no dia 25 de janeiro, acompanhando todo o estado de São Paulo.

A Secretaria Municipal de Saúde informa o público alvo é formado por aproximadamente 24 mil pessoas. Os profissionais da saúde, em número de 4.300 serão os primeiros a receber a vacina, seguidos pelos idosos com idades de 75 anos. A seguir, será a vez de quem tem entre 70 e 74 anos e, depois, aqueles entre 65 e 69 anos e pessoas entre 60 e 64 anos fechando, assim a primeira fase da vacinação para os cerca de 19.500 idosos de Votorantim.

O calendário de vacinação dos integrantes dos grupos de risco com idades abaixo dos contemplados na primeira fase, será definido pela Vigilância Estadual de Saúde.

A Sesa informa que não será necessária uma corrida às unidades de saúde, pois, a vacina permanecerá disponível por vários dias visando evitar, dessa forma, aglomeração que é um fator preocupante na disseminação do Coronavírus. Estarão à disposição do público alvo 16 unidades de saúde para a vacinação, sendo que algumas terão horários estendidos e atenderão aos finais de semana, além de disponibilizarem sistema drive-thru.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Carnês do IPTU começam a ser encaminhados aos Correios

Ônibus cai em buraco do BRT na avenida Itavuvu e fica atolado

Kássio Nunes toma posse como ministro do STF

Serviços municipais são prejudicados após tentativa de invasão a servidores

50,38% ou 78%: Entenda os diferentes números de eficácia da Coronavac apresentados até o momento

Inscrições para o Prouni começam dia 28 de janeiro