Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Vereadores sobre CP de vice e Crespo: “quem assumir prefeitura não se reelegerá”

Postado em: 02/05/2019

Compartilhe esta notícia:

O presidente da Comissão Processante que apurará supostos casos de irregularidades cometidas pela vice-prefeita Jaqueline Coutinho (PTB), o vereador e pastor Luis Santos (PRO), informou, durante o Jornal da Ipanema, da Rádio Ipanema, desta quinta-feira (2), que as oitivas que apurarão a denúncia feita contra ela ocorrerão, todas, de portas fechadas. O vereador Anselmo Neto (PSDB), relator da comissão, também participou da entrevista.

“Acredito que, qualquer um de assumir a prefeitura hoje não terá chance de se reeleger em 2020, pois não conseguirá fazer nada. Sorocaba está quebrada”, disse Neto, referindo-se à hipótese de tanto Jaqueline quanto Crespo serem cassados. Neste caso, se ambos caírem, quem assume é o presidente da Casa Legislativa, Fernando Dini (MDB).

“Não vamos deixar ninguém exposto. Elas, se forem abertas, podem prejudicar o processo”, disse. Santos afirmou ainda que agilizará todos os trabalhos da CP para chegar o quanto antes a uma conclusão. “Nós queremos destravar a cidade”, defendeu. “Não podemos perder mais um semestre nesse imbróglio”.

Neto, que foi secretário de Crespo, relembrou o caso de 2017, o qual reassumiu seu mandato como vereador para votar contra a cassação de Crespo dentro da investigação sobre o diploma falso da ex-assessora Tatiane Polis. Durante a votação, ele foi impedido de votar e votou em seu lugar seu suplente, João Paulo Miranda. “A primeira comissão tinha um fato muito político. Briga da vice com o prefeito. Agora não, são situações que não são políticas. São perigosas e que prejudicam a população. Desde que começou esse mandato são só situações negativas. O povo não aguenta mais”, comentou citando as investigações do governo Crespo na Operação Casa de Papel.

Ainda segundo Neto, não há lei que demande o afastamento do prefeito durante investigação da Comissão, estas cabidas somente a um presidente da República, por exemplo. Porém, se a Justiça determinar que Crespo seja afastado, isso ocorrerá.

Ainda, o presidente comentou que “a Câmara dará uma resposta clara, objetiva e justa, para não dizer que estamos buscando o benefício de um com o prejuízo de outro” comparando Jaqueline com o prefeito José Crespo (DEM), já que corre também na Casa Legislativa uma CP contra ele.

A vice-prefeita foi notificada na tarde de terça-feira (30) da abertura do processo de investigação. Ela é acusada de ter utilizado irregularmente os serviços de um funcionário do Saae em benefício próprio e de sua família. A vice tem 10 dias, contados a partir de 2 de maio por conta do feriado do Dia do Trabalhador, para apresentar defesa.

A notificação foi entregue pelo relator da comissão, o vereador Anselmo Neto (PSDB), logo após a primeira reunião de trabalho do grupo. Participaram da atividade os vereadores Luis Santos (PROS), presidente da Comissão Processante, e Engenheiro Martinez (PSDB).

“A reunião teve como objetivo definir a notificação da vice-prefeita e isso foi feito. Agora vamos aguardar a chegada do documento de defesa para,a partir daí, definir um cronograma de trabalho e oitivas”, afirma Anselmo Neto.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Jovem de 21 anos morre após ser atingido por seis tiros dentro de bar em Itu

Mais de 900 animais foram castrados em Sorocaba no primeiro bimestre de 2020

Prefeitura abre inscrição para castração gratuita de cães e gatos a partir de 3ª

Vereador oficia MP sobre empresa para gerenciar ‘crises de imagem’ de Crespo

Moradores esquartejam e queimam homem acusado de estuprar e matar menina de 10 anos no AM

Corpo de Bombeiros busca por idoso desaparecido em Votorantim