Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Vereadores solicitam ao Saae que pare troca de hidrômetros e corte de água

Postado em: 29/03/2019

Compartilhe esta notícia:

A Comissão de Acompanhamento das Contas do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), vai oficializar ao diretor-geral da autarquia para que não seja substituído mais nenhum hidrômetro em Sorocaba, enquanto a comissão não apresentar seu relatório final, e que não seja feito o corte do fornecimento de água aos munícipes que tiveram o hidrômetro substituído. A informação foi divulgada em primeira-mão pelo presidente da comissão, vereador Fausto Peres (Podemos), em entrevista ao Jornal da Ipanema.

A comissão, que tem como membros os vereadores Anselmo Neto (PSDB), Silvano Júnior (PV) e João Donizeti (PSDB), está preparando um requerimento com uma lista de perguntas que serão encaminhadas ao diretor da autarquia, Ronald Pereira da Silva, sendo que as respostas deverão ser apresentadas presencialmente no plenário da Câmara Municipal de Sorocaba.

A decisão foi tomada em reunião realizada nesta quinta-feira (28), que também teve a participação das assessorias dos vereadores Renan Santos (PCdoB) e Fernanda Garcia (Psol). O intuito da comissão é esclarecer o motivo de aumentos exagerados nas contas de água de muitos munícipes, principalmente os que tiveram seus hidrômetros trocados recentemente, e evitar prejuízos aos consumidores, tanto com o pagamento de faturas majoradas indevidamente quanto com o possível corte do fornecimento nas residências que estiverem inadimplentes devido ao aumento de suas contas.

Os vereadores decidiram também entregar um ofício ao diretor da autarquia, na próxima segunda-feira, 1° de abril, solicitando que não seja substituído mais nenhum hidrômetro em Sorocaba, enquanto a comissão não apresentar seu relatório final. No documento, a comissão pede, ainda, o impedimento do corte do fornecimento de água aos munícipes que tiveram o hidrômetro substituído; a cobrança limitada à média das últimas três contas anteriores à troca dos equipamentos; e a entrega para todas as pessoas que fizeram ou venham a fazer reclamações relativas à conta de água de um protocolo de recebimento da queixa, haja vista que esse controle não é realizado atualmente.

Além disso, os membros da comissão estão agendando uma visita a Piracicaba para conhecer o sistema que suprime o ar da tubulação de água na cidade. “Muitos munícipes reclamam que, além de pagar pela água, também pagam pelo ar que ficam nos canos. Por isso, foi sugerido que conheçamos o sistema existente em Piracicaba, que suprime o ar dos canos”, comenta o presidente da comissão, vereador Fausto Peres.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Av. Itavuvu é liberada após funcionários terceirizados do BRT protestarem por falta de pagamento

Apoiadores de Bolsonaro reviram lixo do Alvorada para atacar jornalistas

VÍDEO – Documentos apreendidos pela polícia começam a chegar na Seccional

Votorantim têm maior letalidade entre cidades com baixo isolamento social

Unip promove live “Por trás da máscara: mantendo o sorriso da alma antes e pós-pandemia”

Brasil tem 166 novas mortes por coronavírus; total é de 2.741 óbitos