Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Vereadora Fernanda Garcia critica mudança de base do SAMU para o São Guilherme

Postado em: 31/01/2019

Compartilhe esta notícia:

A vereadora Fernanda Garcia (PSOL) postou um vídeo em suas redes sociais em que protesta contra a mudança da sede do SAMU, hoje instalado na UPH Zona Norte e que passará a atender na UBS São Guilherme. Segundo a Prefeitura, em resposta ao IPA Online, a medida é provisória até que uma nova sede esteja pronta, o que deve ocorrer em 60 dias.

No vídeo, a vereadora do PSOL alerta para problemas de logística na instalação da nova base. “Aqui o acesso é fácil para atingir todas as regiões da cidade. O atendimento ficará ainda mais lento com a mudança”, explicou. A parlamentar gravou um vídeo no portão de saída das ambulâncias.

Assista

A mudança tem relação com o processo de terceirização da UPH Zona Norte, que utilizará todas as instalações do local, inclusive a atual sede do serviço. Segundo a prefeitura, diversos prédios próprios foram analisados e hoje um apresenta condições de receber o SAMU, estando ainda nos trâmites burocráticos.

A nova sede já recebeu a visita dos técnicos da pasta e da secretária Marina Elaine Pereira, e tem a estrutura para atender as solicitações do Ministério da Saúde, segundo informações da Prefeitura. No entanto, o local ainda não foi divulgado.

A mudança do SAMU para a UBS São Guilherme deve ser concluída até a próxima terça-feira (5), quando a UPH Zona Norte começa a atender com a gestão compartilhada gerida pelo Instituto Diretrizes.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Criminoso queria repetir sequestro do 174 e entrar para a história, dizem passageiros

Estamos no "alerta vermelho" de capacidade de internação a pacientes de covid-19, diz diretor da Santa Casa

Lewandowski, do STF, autoriza Folha a entrevistar Lula na prisão

Saae instala primeiras válvulas reguladoras para tentar reduzir perda de água

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Bradesco planeja fechar 10% de suas agências até o fim de 2020