Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Vereador solicita informações sobre vistoria do Corpo de Bombeiros em escolas

Postado em: 31/08/2019

Compartilhe esta notícia:

O vereador Fernando Dini (MDB), presidente da Câmara Municipal de Sorocaba, por meio de requerimento protocolado na Casa, voltou a questionar o Executivo sobre quantas escolas municipais estão sem o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) ou com o documento vencido. A preocupação do parlamentar é com a segurança das escolas públicas municipais, inclusive quanto à prevenção de incêndios.

Em resposta a requerimento anterior do vereador, a Secretaria Municipal de Educação havia informado que 17 escolas municipais estão com o AVCB vencido e outras seis escolas, com o AVCB vigente. “Uma informação incompleta, já que temos centenas de unidades de ensino público em nosso município”, afirma Dini.

Na ocasião, o vereador havia sugerido que a Prefeitura, em parceria com a Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Sorocaba e as Faculdades de Engenharia e Arquitetura, utilizasse estagiários dos cursos superiores da área para regularizar o AVCB das escolas. “Em resposta àquele nosso requerimento, a Secretaria de Planejamento alegou que a realização da vistoria do Corpo de Bombeiros é um trabalho complexo, que não pode ser feito por estagiários. Ocorre que a Prefeitura utilizou estagiários na realização de um trabalho ainda mais complexo, que foi a vistoria de cerca de 400 prédios públicos municipais”, afirma Dini.

Economia de recursos

O presidente da Câmara salienta que, além da segurança que a vistoria do Corpo de Bombeiros representa para os alunos das escolas municipais, sua realização por meio de estagiários das faculdades locais poderá propiciar uma economia de R$ 686.473,95, que é o valor a ser gasto com a contratação de uma empresa para realizar o serviço. “Sorocaba conta com cerca de 2.500 alunos das mais diversas engenharias que se formam a cada ano. A grande maioria passa por dificuldades para fazer estágio. Seria, inclusive, uma oportunidade para esses formandos realizar o AVCB das escolas municipais, contribuindo com o bem comum ao mesmo tempo em que se qualificam profissionalmente”, reitera Dini.

Em seu requerimento, Fernando Dini também solicita informações detalhadas sobre o processo de licitação iniciado em maio do ano passado para realização do AVCB nas escolas e reitera a sugestão para que esse trabalho possa ser realizado por estagiários, com economia de custos para o município. Caso a resposta seja negativa, o vereador quer saber quais as razões que impedem o emprego de estagiários e, caso seja positiva, indaga quando a Prefeitura pretende iniciar os trabalhos. “Nossa expectativa é que seja com a máxima urgência, pois a segurança de nossas crianças é sagrada”, enfatiza o presidente da Casa.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Seis estreias variam ainda mais programação das salas de cinema da região

Jovem de 19 anos usava chácara do Júlio de Mesquita para guardar drogas

Viadutos férreos com rachaduras e desgastes passarão por reforma

Bolsonaro não vai a debates, mas tem participado de eventos após alta hospitalar

Cloud & DevOps: Desenvolvimento de Software na Era Moderna

Caixa amplia pausa para pagamento de prestação habitacional