Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Vereador quer proibir o uso do VAR em jogos de futebol nos campeonatos da cidade do Rio de Janeiro

Postado em: 17/10/2019

Compartilhe esta notícia:

Adriano WilksonUOL/FOLHAPRESS

 

O vereador Antonio Jose Papera de Azevedo, conhecido como Zico, chamou atenção na quarta (16) quando apresentou um projeto de lei na Câmara Municipal do Rio para proibir a atuação do VAR, o árbitro de vídeo, em partidas de futebol na cidade. Em contato com a reportagem, o vereador justificou sua proposta como "um grito pelo futuro do futebol".

 

"O VAR está acabando com o futebol. Hoje você entra no estádio e não sabe a hora que vai sair. Ninguém comemora mais gol, só se comemora o VAR. Depois do jogo a imprensa não fala mais do jogo, só fala do VAR", afirmou o vereador, que é vascaíno, presidente do clube Campo Grande, do Rio, e foi eleito pelo PTB (Partido Trabalhista Brasileiro).

 

Por ter eleitores no futebol de várzea da cidade, Zico tem apresentado vários projetos de lei relacionados a práticas esportivas. Um dos mais curiosos é o PL 762/2018 que "dispõe sobre a proibição da entrada e utilização de bastão de mão monopod, conhecido como pau de selfie, em espetáculos de grande aglomeração popular e em estádios de futebol".

 

Segundo a proposição, de março do ano passado, seria considerado "aglomeração popular" qualquer evento que reúna mais de cem pessoas, ocasião em que estaria proibido o uso do pau de selfie. Segundo o parlamentar, o pau de selfie é uma arma e pode ser usado para agressão em casos de brigas.

 

"Sem contar que a ostentação do celular no bastão atrairá o ladrão e mais insegurança para quem está por perto", escreveu Zico na justificativa do projeto. "Acreditando que é melhor prevenir do que remediar, vamos deixar o utensílio para ser utilizado em reuniões familiares e de amigos quando, certamente, a sua utilização será somente para o lazer. Pela sua importância, conto com o apoio dos meus pares para a aprovação desta Lei", concluiu.

 

O PL do pau de selfie já passou por quatro comissões da casa.

 

Outro projeto de lei do vereador, de dezembro de 2013, tentava permitir a escolinhas de futebol a contratação de ex-jogadores sem formação acadêmica como treinadores.

 

O próprio vereador pediu o arquivamento do projeto depois de protestos de profissionais formados em educação física. Mas Zico não se dá por vencido e pretende apresentar nova proposta sobre o tema.

 

"Sou a favor que em todas as escolinhas tenha um ex-jogador de futebol, porque o garoto tem que aprender com quem jogou", disse.

 

Apesar de o PL que proíbe o VAR ter pouca chance de ser aprovado e sancionado pelo prefeito do Rio, o vereador Zico afirma que vai lutar com todas as suas forças para fazê-lo tramitar.

 

Questionado sobre a pertinência de um parlamentar municipal tentar interferir nas regras de um esporte que tem suas próprias instâncias reguladoras, Zico afirmou que "o vereador representa o povo."

 

"Estou dando um grito que a população está dando. Essa é a voz do povo, e a voz do povo é a voz de Deus. Entendo que o futebol tenha Fifa, Conmebol, mas vamos deixar eles empurrarem isso goela abaixo e aceitar?"

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Polícia apresenta detalhes de assassinato de estudante encontrada no rio Sorocaba

Macacos hidráulicos levantam viaduto que cedeu em São Paulo

Vereadora aciona MP por troca de terreno do Hospital Municipal

Feriado antecipado no Estado altera serviços municipais em Sorocaba

Após ser internado com Covid-19, Edir Macedo faz tratamento com cloroquina e recebe alta

Jovem morta em Araraquara alertou amigos em rede social