Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Vereador pedirá arquivamento sobre projeto que retomaria provas equestres

Postado em: 21/05/2019

Compartilhe esta notícia:

Atualizado às 9h54

A Câmara de Sorocaba votará, em primeira discussão, nesta terça-feira (21), um Projeto de Lei do vereador Luis Santos (PROS), que trata sobre a volta da prática de atividades equestres que envolvem modalidades esportivas, entre elas algumas ligadas a rodeio.

Durante a votação, o ofício de número 70/2019 deverá ser apresentado pelo parlamentar, para pedir o arquivamento do PL.

O PL nº 295/2018, acrescentaria o § 4º ao art. 37 da Lei nº 8.354 de 27 de dezembro de 2007 (que dispõe sobre o controle de populações animais) com o intuito de permitir a utilização de animais equinos para a prática de modalidade esportivas. A possibilidade de realização de provas equestres em Sorocaba já foi tema de audiência pública, por iniciativa do autor do projeto.

O projeto de Lei também alteraria o conteúdo da de 2017, sobre o controle de populações animais, bem como sobre a prevenção e controle de zoonoses no Município de Sorocaba. Segundo a alteração, fica permitida a utilização de animais equinos para a prática das seguintes modalidades esportivas: Marcha de Muares e Cavalos, Rédeas, Três Tambores, Apartação, Laço Comprido, Hipismo, Ranch Sorting, Turismo Equestre e Equoterapia.

A título de comparação com rodeio, a prova Três Tambores é uma das modalidades praticadas na Festa do Peão em Barretos, um dos eventos de maior porte no Brasil.

Na justificativa, o parlamentar argumentou que “o projeto de lei tem o objetivo em especial de resgatar e valorizar o espírito do Tropeirismo em nossa cidade com a retomada das provas equestres, o que será absolutamente positivo para o Município com um impacto social, cultural e econômico”.

Ainda, defendeu que “um dos maiores atrativos do turismo rural e prática esportiva equestre é o contato direto que promove entre o homem e a natureza”.

A causa não foi bem aceita por defensores da causa animal, por entender que este pode ser um primeiro passo para a volta dos rodeios (por ter provas em comum, como laço e tambores), e também por considerar as provas equestres uma forma de exploração animal.

Entrevista na rádio Ipanema

A polêmica sobre a liberação das provas equestres em Sorocaba chegou a ser abordada no Jornal da Ipanema, da Rádio Ipanema, edição de 14 de fevereiro de 2019. O entrevistado, vereador Luis Santos (PROS), negou que queira a volta da prática do rodeio na cidade. O que ele defende é o retorno de algumas provas: “Quero trazer algumas atividades que são praticadas em rodeios”.

Em vários momentos da entrevista de 54 minutos (veja a íntegra abaixo), que ocorreu durante a espaço “Meio Ambiente: Reflexões e Atitudes”, do ambientalista Gabriel Bitencourt, o vereador afirmou que foi atacado injustamente nas redes, pois em nenhum momento propôs a volta de rodeios ou práticas de tortura de animais. Ele pretende resgatar tradições culturais como as tropeadas.

Compartilhe: