Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Vereador cobra retirada dos cabeamentos não utilizados dos postes de energia

Arquivo
Postado em: 16/11/2019

Compartilhe esta notícia:

 


A poluição visual, os transtornos causados nas calçadas e, sobretudo, o risco de acidentes graves são os principais motivos que levaram o vereador Fernando Dini (MDB), presidente da Câmara Municipal, a questionar o Executivo sobre a grande quantidade de cabeamentos inutilizados e não retirados das ruas pelas empresas concessionárias de serviço público.

Em requerimento aprovado na Casa, Fernando Dini indaga ao Executivo se a Prefeitura tem um plano estratégico junto às concessionárias de serviços públicos para a retirada do cabeamento inutilizado que se acumula nos postes da cidade. “Queremos informações detalhadas sobre quando e de que maneira esses cabeamentos serão retirados, porque não é de hoje que a população cobra uma providência quanto a esse problema”, afirma o vereador, que já apresentou outros requerimentos tratando do assunto.

Caso a resposta seja negativa, Dini quer saber os motivos que impedem a execução de um plano estratégico para o recolhimento desse material. “A empresa de distribuição de energia elétrica, detentora da infraestrutura de postes, é obrigada, por lei, a zelar pelo uso correto do espaço público, evitando esse emaranhado de cabeamentos inúteis e, sobretudo, perigoso que vemos nas ruas”, afirma o presidente do Legislativo, referindo-se à Lei 11.312, de 18 de abril de 2016, que trata das obrigações da distribuidora de energia elétrica, entre elas, a ordenação e alinhamento de todas as fiações.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Câmara pode derrubar aumento de Crespo na tarifa do transporte

Prefeitura tenta de novo doar terreno de R$ 13 milhões para BRT; Câmara vota na 5ª

Flávio Bolsonaro assume embaixada de Laranjeiras

Chuvas registram 19mm em Sorocaba e vento forte derruba árvores em diversos bairros

Flávio Bolsonaro lavou até R$ 1,6 milhão em loja de chocolate, diz Ministério Público

Placas da Zona Azul em Votorantim viram meme após grafia errada viralizar