Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Vereador afirma à polícia que Crespo triplicou decretos no orçamento de 2017

Postado em: 29/06/2019

Compartilhe esta notícia:

O vereador Hudson Pessini (MDB) foi a primeira testemunha a ser ouvida pela polícia civil na investigação sobre supostas pedaladas fiscais do prefeito José Crespo (DEM) na prefeitura de Sorocaba. O inquérito foi aberto depois de denúncia da Comissão de Economia da Câmara Municipal ao Ministério Público. No seu depoimento, Pessini apresentou aos policiais um levantamento feito pela Comissão em que aponta um aumento no número de decretos que alteram o orçamento, de 71 em 2016 para 228 em 2017.

O emedebista foi ouvido pelo delegado Fabrício Ballarin nesta sexta-feira (28) à tarde. Durante entrevista ao Jornal da Ipanema, o vereador já havia adiantado que iria ao depoimento, marcado para 14 horas. Segundo Hudson, o prefeito cometeu as chamadas “pedaladas” por ter ultrapassado o limite legal para manobras do orçamento de 2017, fixado em 20%. Segundo o parlamentar, o Tribunal de Contas havia apontado que a Prefeitura elevou esse patamar para 42%, o que é proibido por lei. A Prefeitura nega a prática e afirma que suas contas foram aprovadas pelo Tribunal.

Um munícipe protocolou na Câmara de Sorocaba abertura de Comissão Processante referente às pedaladas. O documento deve ser apreciado pelos vereadores e, provavelmente, entra em votação na próxima terça-feira (2). Enquanto Pessini informava sobre a solicitação, Neto interrompeu informando que votaria ‘não’ para este pedido, já que há outras duas CPs abertas ainda neste momento.

A polícia espera o envio de documentos pelo Tribunal de Contas do Estado para analisar os apontamentos e poder intimar novas testemunhas. De acordo com o prazo determinado, o inquérito deve ser concluído em até 30 dias.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Vacinação contra a gripe inicia dia 10 de abril e será por etapas

Homem é morto em troca de tiros com a PM na região do Carandá

Empreendimento inovador no Campolim chega para atender as demandas da vida moderna

“O tio Crespo e o tio André vão tomar a lição depois”, ironiza Iara sobre apostilas

Pista expressa da marginal Pinheiros é interditada após viaduto ceder na capital

Em primeiro discurso como presidente, Bolsonaro pede pacto e acena à base