Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Veja aprovação de Moro, Guedes, Damares, Lorenzoni e outros ministros pelo Datafolha

Postado em: 09/07/2019

Compartilhe esta notícia:

Wálter Nunes, FOLHAPRESS

Com exceção de Sergio Moro, da Justiça, e Paulo Guedes, da Economia, os ministros do governo Jair Bolsonaro ainda são pouco conhecidos pelos entrevistados do Datafolha.

O ex-juiz é identificado por 94%, e Guedes, por 77% das pessoas consultadas. Cerca de dois terços não conhecem Abraham Weintraub, ministro da Educação, que só é identificado por 31% dos entrevistados.

Mesmo Moro sendo alvo de críticas após a revelação de diálogos que mostram ele auxiliando procuradores em processos da Lava Jato quando era o juiz desses casos, ele é quem tem a maior aprovação, com 52% dos que afirmam conhecê-lo classificando-o como ótimo ou bom.

O número tanto dos que acham seu desempenho regular quanto dos que desaprovam seu trabalho no Ministério da Justiça é de 20%.

A pesquisa foi feita em 4 e 5 de julho e ouviu 2.860 pessoas com mais de 16 anos, em 130 cidades. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Há três meses, o nível de conhecimento sobre Moro era de 93%. Sua aprovação entre quem dizia conhecer o ministro era maior (59%), enquanto 17% consideravam seu desempenho regular e 15%, ruim ou péssimo.

Paulo Guedes tem seu desempenho considerado ótimo ou bom por 31%, regular por 24% e ruim ou péssimo por 16%. Em relação à pesquisa feita três meses atrás, quando 74% diziam o conhecer, sua aprovação era de 30%. Os que consideravam seu desempenho regular eram 28%, e 12% o desaprovavam.

Damares Alves, ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, é quem mais se aproxima dos dois líderes, com 54% de reconhecimento pelos entrevistados. Nesse grupo, Damares tem 22% de ótimo ou bom, 14% de regular e 15% de ruim ou péssimo.

O nível de conhecimento da ministra, porém, oscilou para baixo dentro da margem de erro. Em abril, 57% dos entrevistados afirmaram conhecer Damares. Na ocasião, 25% dessas pessoas aprovavam seu trabalho, 14% consideravam regular e 15% desaprovavam seu desempenho.

Depois desses três, todos os ministros citados pelo Datafolha são desconhecidos por mais da metade das pessoas ouvidas.

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que acaba de perder a função da articulação política com o Congresso, é conhecido por 47% dos entrevistados. O trabalho do político do DEM é considerado ótimo ou bom por 17% daqueles que dizem conhecê-lo, regular por 16% e ruim ou péssimo por 10%.

Na pesquisa de abril, Onyx era reconhecido por 46% dos entrevistados. Há três meses ele era aprovado por 18%, 16% consideravam seu trabalho regular e 8%, ruim ou péssimo.

Só 37% dos pesquisados sabem que o ministro das Relações Exteriores é Ernesto Araújo. Desses que dizem conhecê-lo, 15% o aprovam, 11% o consideram regular e 6% o desaprovam. Em abril seu índice de conhecimento era de 35%, sua aprovação era de 13%, 12% consideravam seu desempenho regular e 7%, ruim ou péssimo.

Os ministros Ricardo Salles, do Meio Ambiente, e Abraham Weintraub, da Educação, foram incluídos pela primeira vez na pesquisa do Datafolha.

Salles é conhecido por 42% dos entrevistados. Desses, 14% o aprovam, 15% o consideram regular e 9% desaprovam seu trabalho.

Entre os pesquisados, apenas 31% sabem que Weintraub comanda a pasta da Educação. Seu desempenho é aprovado por 9%, considerado regular por outros 9% e ruim ou péssimo por 11%.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mesários com medo e urna defeituosa ligam alerta para eleição

Vereadores criticam transferência de quase 50 médicos especialistas da Policlínica

Câmara discute projeto que tenta regulamentar aplicativos de transporte

Condutores de vans escolares protestam na frente da Prefeitura de Sorocaba

Vereadores mantêm veto a projeto que exigia seguro-garantia de Organizações Sociais de Saúde

Ônibus que atendem a Zona Norte estão sendo escoltados pela GCM na manhã desta 2ª feira; veja vídeo