Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Urbes reforça multa por greve de ônibus e pede cancelamento de sindicato

Postado em: 15/06/2019

Compartilhe esta notícia:

A Urbes – Trânsito e Transportes informa que o Sistema do Transporte Coletivo Urbano em Sorocaba voltou a atender normalmente a população a partir das 5h deste sábado (15), com o fim do movimento de greve nacional contra a reforma da Previdência e o corte em educação pelo Governo Federal. Ontem, o ato paralisou o transporte público em Sorocaba.

Diante do descumprimento do sindicato dos Rodoviários de liminares concedidas pela Justiça para a circulação de ônibus durante a Greve Geral desta sexta-feira (14), a Urbes encaminhou ao Tribunal Regional do Trabalho uma petição para requerer a aplicação da multa de R$ 5 mil por trabalhador e o cancelamento do registro da entidade sindical.

O Sindicato dos Rodoviários descumpriu decisões judiciais, assumindo a sanções que estabelecem multas. Em despacho liminar no processo movido pela Urbes, o Tribunal Regional do Trabalho determinou multa de R$ 5 mil por trabalhador, caso a liminar não fosse cumprida, o que pode somar cerca de R$ 5 milhões em autuação. Em outra decisão, no processo movido pelas concessionárias que operam o transporte em Sorocaba, a Justiça do Trabalho definiu multa de R$ 100 mil ao dia.

Em comum, as duas decisões liminares determinaram que fossem mantidos 70% dos serviços do transporte coletivo nos horários de pico e 50% nos demais horários do dia. Essas decisões foram desrespeitadas pelo movimento grevista.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Barroso envia denúncia contra Temer para primeira instância

Número de mortes por coronavírus sobe para 28 em Sorocaba

Bolsonaro inclui indústrias e construção civil na lista de atividades essenciais

VLT prossegue com compartilhamento da via férrea junto à empresa Rumo

Zema pede agilidade para punir responsáveis por rompimento de barragem

Lula pede à Justiça adiamento de interrogatório para visitar papa Francisco