Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Urbes faz fiscalização surpresa nos ônibus do transporte coletivo

Postado em: 17/02/2019

Compartilhe esta notícia:

Atendendo à determinação do prefeito José Crespo, a Urbes – Trânsito e Transportes intensifica a fiscalização dos serviços prestados pelas empresas que operam o sistema do transporte público coletivo em Sorocaba.

Na madrugada deste domingo (17), o secretário de Mobilidade e Acessibilidade da Prefeitura e presidente da Urbes-Trânsito e Transportes, Luiz Alberto Fioravante, enviou diretores à garagem da concessionária Consórcio Sorocaba (Consor), localizada na Vila Assis. A partir das 4h iniciou a ação de averiguação sem aviso prévio, neste dia da semana em que as operadoras do sistema mantém profissionais atuando em escala de plantão.

A ação constatou ônibus com o funcionamento prejudicado do alerta sonoro da rampa de acessibilidade para cadeirantes, com falha no sistema de compressão e com a luz de ré danificada. A equipe de fiscais nesta madrugada foi supervisionada pelo diretor de Transporte Urbano da Urbes, Sérgio Pires e pelo gestor de controladoria da Urbes, Wilson Pereira Saboya, além de fiscais.

A equipe averiguou os horários das saídas da garagem, a conservação dos veículos, o funcionamento dos equipamentos obrigatórios e seus acessórios e acompanhou o sistema que monitora por GPS e em tempo real, os deslocamentos dos ônibus em circulação pela cidade.

Os veículos que apresentaram algum problema estão impedidos de circular até que as falhas sejam reparadas. Como a empresa trabalha com frota reserva não há prejuízo para o atendimento da população. Os reparos serão realizados na oficina da própria Consor, o que dá agilidade no conserto. “A fiscalização é rotineira, mas desta vez tivemos o fator surpresa de ser em um domingo”, observou o presidente da Urbes, Luiz Alberto Fioravante. Também foram averiguadas as condições das oficinas e o estoque de peças de reposição.

O diretor de Transporte Urbano da Urbes, Sérgio Pires, enfatiza que a ação deste domingo demonstra a intensificação da exigência do cumprimento das cláusulas contratuais. O gestor de controladoria da Urbes, Wilson Pereira Saboya, explica que a Consor pode ser multada se as falhas constatadas permanecerem, no entanto, avalia que durante a inspeção foi constatado que a prestadora do serviço possui condições adequadas de peças em estoque, demonstrando capacidade para cumprir as regras ao atender a operação do sistema.

 

width=4032

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bandidos falham ao tentar furtar dinheiro de caixa eletrônico em mercado

Jovem de 21 anos morre após perder controle de motocicleta e colidir com poste

Bolsonaro diz que queimadas podem ter sido causadas por ONGs

Romu prende traficante com drogas e réplica de arma de fogo no Parque São Bento

Secretaria de Segurança divulga números da GCM no primeiro trimestre de 2019

Crianças fazem biscoitos na Oficina de Culinária da Biblioteca Infantil