Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Trump lança Comando Espacial para assegurar “superioridade” dos EUA no espaço

Postado em: 31/08/2019

Compartilhe esta notícia:

Agência Brasil, com Deutsche Welle

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lançou o novo Comando Espacial dos Estados Unidos, estabelecido pelo Pentágono para manter o domínio americano na última e definitiva fronteira militar. O SpaceCom cria no espaço um novo palco de combates, principalmente com a utilização de satélites e aeronaves de grande altitude.

“Este é um dia marcante, em que reconhecemos a centralidade do espaço na defesa e segurança da América”, disse ele. O novo comando deverá “assegurar que a superioridade no espaço jamais seja questionada ou ameaçada”.

“Os perigos para o nosso país evoluem constantemente, e nós também devemos evoluir”, afirmou Trump. “Nossos adversários já armam a órbita terrestre com novas tecnologias que visam satélites americanos fundamentais tanto nas operações nos campos de batalha quanto em nosso modo de vida em casa.”

“Nossa liberdade de operar no espaço é também essencial para detectar e destruir qualquer míssil lançado contra os EUA”, acrescentou. A Força Aérea americana já realiza operações balísticas no espaço, que serão agora reforçadas pelo SpaceCom. O novo órgão de defesa promoverá sistemas especializados e treinamentos para futuros combates no espaço.

Ameaças

Chefes das Forças Armadas do país alertam que China e a Rússia representam ameaças crescentes ao domínio americano no espaço. O general da Força Aérea John Raymond, que vai coordenar o novo comando, disse que as duas nações rivais já destinam grandes somas para suas operações espaciais, as quais, em caso de conflito, seriam capazes de comprometer a superioridade americana.

As agressões variam de interferências nas comunicações e em satélites de GPS até ataques de mísseis lançados a partir do solo para destruir satélites, como demonstrou a China em 2007.

“Estamos num ponto de inflexão estratégico em que não há nada que façamos como força conjunta de coalizão que não seja viabilizado a partir do espaço”, disse Raymond. “Estou convencido de que o espaço é um domínio de combates de guerra. Estou convencido de que nosso modo de vida e nosso modo de guerrear dependem das capacidades espaciais.”

Na verdade, Trump possuía ambições maiores em termos de guerra espacial. Em junho de 2018 ele ordenou a criação da Força Espacial (Space Force), que se tornaria um braço das Forças Armadas, assim como o Exército, Marinha, Guarda Costeira, os Marines e a Força Aérea.

*A Deutsche Welle é o canal de comunicação internacional da Alemanha

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Cartões da Urbes terão pagamento de tarifa por QR Code e reconhecimento facial

Os presidenciáveis Fernando Haddad e Jair Bolsonaro se enfrentam no 2º turno

Câmara aprova PL que aumenta pena para maus-tratos a animais e zoofilia

Corpo de chef Kátia Baiana será cremado nesta sexta-feira em Sorocaba

Polícia encontra 33 pit bulls em chácara em cidade perto de Sorocaba após fechar rinha

Senador John McCain, herói de guerra e adversário de Obama, morre aos 81 anos