Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Trabalhadores do transporte aprovam proposta de empresas e greve é descartada

Postado em: 01/06/2019

Compartilhe esta notícia:

Os trabalhadores em transporte urbano de Sorocaba aprovaram a proposta de aumento salarial de 5,10% em maio, data-base da categoria, e mais 0,73% em outubro e reajuste no tíquete-refeição e na participação nos lucros e resultados (PLR) em assembleias realizadas nesta sexta-feira, 31, às 11h e às 18h, na sede do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região. Com a aprovação, a greve por aumento salarial está descartada.

A proposta aprovada nas assembleias foi apresentada pelas empresas que operam o transporte urbano na cidade, STU e Consórcio Sorocaba, após os trabalhadores entrarem em estado de greve na última quarta-feira, 29, e o Sindicato protocolar notificação de greve na quinta-feira, 30, de manhã nas empresas e comunicar a Urbes – Trânsito e Transportes.

A assembleia da manhã foi realizada na rua em frente ao Sindicato devido ao grande número de trabalhadores presentes. O Sindicato dos Rodoviários fica na rua Capitão Augusto Franco, 159, próximo ao terminal de ônibus São Paulo.

O secretário de Mobilidade e Acessibilidade e presidente da Urbes-Trânsito e Transportes, Luiz Alberto Fioravante, explica que acompanhou as negociações, mas sem interferências. “O acordo deve ser negociado entre empresas e trabalhadores. O prefeito José Crespo me convocou e orientou a acompanhar com serenidade, mas sempre sensibilizando as partes sobre os prejuízos à população em caso de greve”, explicou Fioravante.

O aumento conquistado nesta campanha salarial é válido para todos os trabalhadores no transporte urbano de Sorocaba: motoristas, agentes de bordo e funções internas de apoio.
Com a aprovação do reajuste o piso salarial do motorista sobe para R$ 3.912,92 em maio e para R$ 3.940,00 em outubro e o piso do agente de bordo, R$ 1.381,07 em maio e R$ 1.390,66 em outubro. O tíquete-refeição será reajustado em R$ 1,00, aumentando para R$ 23,00 por dia e a PLR terá aumento de R$ 100,00, subindo para R$ 1.700,00, as empresas pagam a PLR no retorno das férias.

No sistema de transporte urbano de Sorocaba trabalham quase dois mil trabalhadores e trabalhadoras, entre motoristas, agentes de bordo e profissionais em funções internas de apoio, como mecânico, borracheiro, funileiro e outros.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Sociedade Brasileira de pediatria alerta pais sobre presentes de Natal

Dez palavras dos leitores e uma só história - veja a coluna semanal de Vanderlei Testa

Combate ao racismo e promoção da igualdade são temas de curso gratuito em Sorocaba

Técnico do São Bento, Milton Mendes, deixa o clube após acusação de estupro por funcionária de hotel

Brasil confirma primeiro caso do novo coronavírus; contraprova deu positivo

Quem paga o pato ou tapa o sol com a peneira?