Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

TikToker de 19 anos assume namoro com criança de 12 e causa revolta na internet

Jovem Pan News
Postado em: 26/10/2020

Compartilhe esta notícia:

Jovem Pan News

O caso do TikToker Pietro Riguengo, de 19 anos, namorando um criança de 12 se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter nesta segunda-feira, 26. A repercussão começou após a postagem “O porque é tão errado apoiar esse ‘namoro’, a thread” de uma usuária da rede. O termo “pedófilo”, em referência a Pietro, entrou no Trending Topics após Isadora Martins, que viralizou o assunto, explicar que é crime uma criança menor de 14 anos namorar. “Se um cavalo daquele sente atração num criança, com corpo de criança, atitudes de criança, e que se VESTE como criança, ele é sim um pedófilo nojento que manipulou a menina”, diz a usuária da rede. Pietro tem 88 mil seguidores no TikTok e indignação do público aumentou quando as mães dos envolvidos apoiaram o beijo entre os dois.

O perfil feito para o casal na rede já conta com 1,3 milhões de seguidores. “Estamos, sim, namorando”, respondeu a menina. “Nossos pais sabem e autorizam nosso namoro”, completa. “Eu estou 100% ciente do tempo da * e vou respeitar muito isso”, diz Pietro. A mãe da garota publicou em suas redesque os dois “são figuras públicas” e que a família já estava preparada para o ataque. “Mas… para quem gosta da gente fiquem tranquilos! Eles estão muito bem e mais felizes que nunca”, completou a mãe da criança. O caso indignou os usuários do Twitter.

“Pedofilia não é opinião. Não existe relação consensual entre um homem de dezenove anos e uma criança de doze. É crime, não é amor”, diz um. “Mesmo que a pessoa diga que quer, faça declarações oficiais ou, até mesmo, comunique aos pais seu desejo, não é permitido, por lei e caracteriza abuso. Havendo relações sexuais, é estupro de vulnerável”, comenta outro. Consta na súmula nº 593 do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que “para a caracterização do crime de estupro de vulnerável, previsto no artigo 217-A do Código Penal, basta que o agente tenha conjunção carnal ou pratique qualquer ato libidinoso com pessoa menor de 14 anos. O consentimento da vítima, sua eventual experiência sexual anterior ou a existência de relacionamento amoroso entre o agente e a vítima não afastam a ocorrência do crime”.

 

 

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Trio que roubava casas e agredia vítimas durante o crime é preso pela Polícia Civil

Após denúncia, Procon de Sorocaba autua posto de combustíveis por publicidade enganosa

Navio de guerra russo ameaça atingir destróier americano no Pacífico

Câmara vota proibição de embalagens de isopor e criação de banco de ração para animais em Sorocaba

Pai mata o filho de 2 anos; corpo foi encontrado numa trilha em Salto

Após decisão do STF, defesa de Lula diz que vai pedir soltura nesta sexta