Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Tem teatro no carnaval! - veja a coluna de José Simões

Foto: divulgação
Postado em: 20/02/2020

Compartilhe esta notícia:

Por José Simões

 

Neste final de semana, nos dias 22 e 23 de fevereiro, o Teatro Escola Mario Pérsico apresenta os espetáculos Sob o Azul do Céu (sábado) e O Amor do Soldado (Domingo)

O texto "Sob o azul do céu" escrita por Mario Persico, há mais de 20 anos, tem como tema central o acerto de contas entre pai e filho, que retorna a casa, para o enterro da mãe. Logo após esse momento os dois enfrentam os segredos que querem e, ao mesmo tempo não querem, dizer um ao outro. O texto se estrutura tal qual um folhetim, permeado de intrigas, conspirações, mistérios, juramentos, sentimentalismos, apoiado na identificação e na redenção dos sofrimentos das personagens. É a partir dessas situações que a peça envolve o espectador. Um dos textos com mais tempo em cartaz na cidade de Sorocaba.

Já a peça “O Amor do Soldado” conta a história do conturbado caso de amor entre Castro Alves e a atriz Eugênia. Ao mesmo tempo a trama apresenta o “soldado” Castro no “front da luta” abolicionista. Em cena estão as questões do “amor a uma causa” e da felicidade individual no casamento. Ser livre no amor e nas lutas? Mas como? Se é preciso fazer escolhas: a atriz pelo teatro e o poeta pela república. Uma das qualidades do texto é o de podermos ouvir ao longo da trama pequenos trechos da obra do poeta Castro Alves. Preciosidades poéticas.

Depois do teatro aproveite e caia na folia.

É teatro. É cultura.

Serviço

Espetáculo: Sob o Azul do Céu

Com Mario Pérsico e Tiske Reis

Data: 22/02/2020 (Sábado)
Horário: 20h00Serviço:

Ingresso: gratuito

Espetáculo: O Amor do Soldado

Com Matheus Caruso, Valéria Nastri, Jefferson Pereira, Pedro Sales, Davi Gemelgo, Rafael Alexandre, Emily Azous, Michele Sonsin e Mario Persico

Horário: 19h00
Data: 23/22/2020

Ingresso: ao final os artistas passam o chapéu. Pague quanto puder.

 

Local: Teatro Escola Mario Persico
Endereço: Rua da Penha, 823

José Simões é professor e crítico teatral 

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deputados aprovam antecipação de feriado de 9 de Julho para segunda-feira

Dupla usa faca para assaltar posto de combustíveis em Boituva

Menos da metade dos brasileiros com conta do FGTS quer sacar R$ 500

Detento que espancou companheira alegou ciúme no momento da agressão

Vereador tem casa invadida por bandidos e família é feita refém 

Procura por vacina contra meningite em clínicas cresce após morte de neto de Lula