Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Supressão do direito à 7ª e 8ª hora do bancário é tema de palestra em Sorocaba

Postado em: 07/11/2018

Compartilhe esta notícia:

No próximo dia 13 de novembro o escritório Advocacia Mendes Oliveira, de Sorocaba/SP, promoverá a palestra gratuita “Supressão do Direito à 7ª e 8ª hora do bancário”. O tema será ministrado pelo advogado Marcelo Mendes Oliveira, especialista em Direito e Processo do Trabalho. O evento acontecerá no Sorocaba Park Hotel, localizado na Avenida Professor Joaquim Silva, 205, Alto da Boa Vista, Sorocaba/SP, às 19 horas.

Segundo Marcelo, o objetivo da palestra é demonstrar aos bancários que seus direitos estão correndo sério risco de lesão. “Após a mudança da Convenção Coletiva 2018/2020, assinada recentemente, foi retirado um dos maiores direitos dos bancários, que é o recebimento da 7ª e 8ª horas trabalhadas por dia”.

O advogado explica que a maioria dos bancários que trabalham oito horas diárias já iniciam suas carreiras profissionais sendo lesados, haja vista que a sétima e a oitava horas trabalhadas são enxergadas como horas extras, conforme a Lei 5.452, artigo 224, que afirma que “a duração normal do trabalho dos empregados em bancos, casas bancárias e Caixa Econômica Federal será de 6 (seis) horas contínuas nos dias úteis, com exceção dos sábados”.

Os interessados deverão confirmar sua presença através do e-mail contato@advocaciamendesoliveira.com.br, pelo telefone (15) 3211-0009 ou, ainda, pelo WhatsApp (15) 9 9778-0000. Lembrando que, no dia, será oferecido um coffee break antes do início da palestra.

Serviço

“Supressão do Direito à 7ª e 8ª hora do bancário”

Local: Sorocaba Park Hotel

Endereço: Avenida Professor Joaquim Silva, 205, Alto da Boa Vista, Sorocaba/SP

Data e horário: dia 13 de novembro, às 19 horas

Entrada gratuita

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Detento em ‘saidinha’ de Dia das Mães é preso ao ser flagrado com celular roubado

STF tem maioria a favor da criminalização da homofobia

Prefeitura de Sorocaba abre edital para restauro da Estação Ferroviária

Moro terá agora de defender sua biografia no STF em caso que pode beneficiar Lula

Polícia investiga morte de jovem em bloco de Carnaval após arrastão na capital

Secretário de Saúde alerta: "não é hora de relaxar, isolamento social continua"