Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

‘Sumidos’ de CP, deputado e secretário participam de evento com Crespo

Postado em: 30/06/2019

Compartilhe esta notícia:

O deputado federal Jefferson Campos (PSB) e o secretário de Mobilidade e Acessibilidade e presidente da Urbes, Luiz Alberto Fioravante, participaram da última edição do programa “Fala Bairro”, realizado pela Prefeitura de Sorocaba em uma escola da Zona Oeste neste sábado (29). Os dois fazem parte da lista de testemunhas de defesa do prefeito José Crespo (DEM), que também participou do evento, mas têm repetidas vezes ignorado as convocações dos vereadores para prestar os esclarecimentos.

A dupla de testemunhas participou do programa ao lado do prefeito. Ironicamente, o “Fala Bairro” foi idealizado pela Secretaria de Comunicação e Eventos (Secom) da Prefeitura, ainda durante a gestão do ex-secretário Eloy de Oliveira, investigado pela Operação Casa de Papel da Polícia Civil.

Sua realização contava com o trabalho “voluntário” da ex-assessora e ex-voluntária Tatiane Pólis, pivô do processo que culminou com a cassação de Crespo em 2017 e também da investigação atual. Ela foi flagrada atuando na edição do programa em Brigadeiro Tobias de forma irregular.

width=2002
Taty Polis aparece à esquerda, em pé, próximo ao prefeito, no Fala Bairro de Brigadeiro Tobias, realizado em 23 de fevereiro deste ano / Foto: Agência Brasil

Polis é acusada de praticar assédio moral contra funcionários públicos e atuar como uma espécie de assessora do prefeito, “com poderes de secretária municipal”, de acordo com denúncia formalizada junto à polícia civil, que deu início a outra investigação policial, o inquérito do Falso Voluntariado.

Segundo depoimento do ex-secretário Eloy de Oliveira, feito com apresentação de diversos e-mails trocados entre secretários, Tatiane Pólis e o prefeito José Crespo, periciados pela polícia, a “voluntária” também recebia um pagamento de R$ 10 mil mensais, que seriam pagos em dinheiro vivo passado em envelopes. Esse recurso teria origem no contrato com a agência de publicidade que administra a verba de R$ 20 milhões destinada pela Prefeitura, a Estação Primeira da Propaganda. Todos os envolvidos negam as acusações.

width=2944
Secretário de Mobilidade e presidente da Urbes, Luis Alberto Fioravante (camisa preta) participou do evento e foi questionado por moradores. Foto: Agência Sorocaba

No evento, o secretário Fioravante, em alguns momentos, foi questionado por moradores, sempre em tom cordial. Já o deputado federal teve a oportunidade de discursar. Eles e o vereador paulistano Milton Leite (DEM) são as três testemunhas que ainda precisam ser ouvidas, convocadas pela defesa de José Crespo. O ex-assessor João Batista Sigilló Pellegrini, o Tita, com atestado médico de 90 dias em virtude de um AVC, foi dispensado.

A comissão processante que investiga o prefeito José Crespo (DEM) tinha marcado para a última quarta-feira (26) oitivas com Fioravante e Milton Leite, mas ambos faltaram. De acordo com o relator da comissão, vereador Hudson Pessini (MDB), a comissão fará uma nova reunião para definir os próximos passos, já que existe a possibilidade do cancelamento do depoimento das testemunhas faltantes e/ou a substituição das mesmas.

“Já houve a solicitação do cancelamento do depoimento do Fioravante, o que foi aceito pela comissão e uma outra solicitação em relação ao vereador de São Paulo. É preciso que haja essa definição o quanto antes para que possamos fazer a conclusão das oitivas, ficando pendente apenas escutarmos o próprio prefeito”, afirmou Pessini.

A comissão processante deve votar o relatório de sua investigação, que indicará se o prefeito Crespo deve ou não ser cassado, até 5 de agosto. Se o processo de votação passar dessa data, a comissão será arquivada.

Último Fala Bairro

A quarta edição do Programa “Fala Bairro” aconteceu na tarde deste sábado (29) no CEI 23 – Dolores Cupiam do Amaral, no Jardim dos Estados, com as presenças do prefeito José Crespo, da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade (FSS), Lilian Crespo, além de secretários municipais e do deputado federal Jefferson Campos. Esta edição foi especialmente criada para ouvir e receber reivindicações dos moradores no Jardim dos Estados, Jardim Europa, Jardim Refúgio e Guadalajara.

Esta foi a ultima edição do programa que, a partir do próximo mês, unirá forças ao Programa Recupera Sorocaba.

O evento foi aberto pelo prefeito José Crespo elogiando a participação dos moradores. “Eu e os demais secretários aqui presentes viemos aqui para entender e registrar as demandas. Certamente muitas já foram atendidas, mas estamos aqui para ouvir, verificar o que falta e assumir compromissos com os moradores”, disse o Chefe do Executivo.

No inicio do encontro, o secretário de Esportes e Lazer, Simei Lamarca, pediu um minuto de silêncio pela morte de Erotides Martins Rodrigues, mais conhecido como Paraná, presidente da Associação de Moradores do Jardim Ipiranga e adjacências. Local que recebeu a primeira edição do Programa Fala Bairro.

As enchentes no córrego Água Vermelha, uma antiga solicitação dos moradores da região, fez com que o diretor geral do Saae Sorocaba, Ronald Pereira da Silva, fosse um dos primeiros a se pronunciar, anunciando em primeira mão a data de 15 de agosto para entrega do Reservatório de Detenção de Cheias (RDC) do córrego Água Vermelha, que faz parte de um conjunto de obras que inclui duas bacias de contenção para a eliminação de pontos de alagamento. Com uma área total de 42.650 m², abrange os bairros Jardim América, Vila Jardini, Jardim dos Estados, Jardim Paulistano e Jardim Embaixador.

O líder comunitário, Alcides dos Santos Costa, ressaltou a importância das obras do RDC e o quanto será benéfico para a população, destacando como um “serviço de primeiro mundo”.

Outra líder comunitária, Silvana Aparecida dos Santos, solicitou melhorias na rua onde mora e, solicitou à Urbes – Transito e Transportes que verifique as vagas de estacionamento disponíveis. O secretário de Mobilidade e Acessibilidade e presidente da Urbes, Luiz Alberto Fioravante, se comprometeu em enviar técnicos ao local para estudar a solicitação da moradora e, aproveitou para informar que a outra solicitação feita pelos moradores, a implantação de uma lombo-faixa na Capitão Bento Mascarenhas, em frente ao nº 2.261, será atendida.

Há dois anos morando em Sorocaba e há cinco meses no bairro, Manoel Alexandre, vindo do Nordeste do país, elogiou o trabalho realizado pela Prefeitura de Sorocaba e aproveitou para fazer sua solicitação. “Para quem vem de outra cidade, como eu, é muito claro o trabalho realizado pela Prefeitura nos bairros, a população não tem noção do quanto ela tem ganhado! O único pedido que faço é uma vaga na creche para meu filho pequeno”, disse.

O secretário de Educação, André Gomes, prontamente respondeu que o pedido será atendido, pois somente em 2019 foram criadas oito novas creches, atendendo mais mil crianças.

O recapeamento das ruas foi outra solicitação dos moradores. O secretário de Conservação, Serviços Públicos e Obras (Serpo), Fabio Pilão, informou que todo o trabalho que recuperação das vias faz parte de um projeto de mobilidade que a Prefeitura desenvolveu prevendo recursos financeiros da Fonplata. Informou aos moradores que falta apenas a aprovação na Câmara dos Vereadores para o início as obras. Pilão ressaltou também que o programa fará, além da requalificação das vias, melhorias nas calçadas e na iluminação pública dos locais contemplados.

Ao final das apresentações de lideranças comunitárias, alguns secretários municipais se manifestaram dentro das áreas onde foram apresentadas as reivindicações dos moradores, como Simei Lamarca (Esportes e Lazer), Robson Coivo (Desenvolvimento Econômico) e Kely Schettini (Saúde). Ao final, a primeira-dama, Lilian Crespo, agradeceu a participação dos moradores no programa, contribuindo para uma aproximação cada vez maior entre a prefeitura e os moradores dos bairros.

Nem todas as demandas são possíveis de serem realizadas em pouco tempo, porém as ações foram recebidas pela Ouvidoria Geral do Município, que irá protocolá-las para serem enviadas às Secretarias responsáveis para serem executadas dentro de um cronograma e uma previsão orçamentária.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

"Um Lindo Dia na Vizinhança" e a força do amor ao próximo

Blitz de fiscalização de ruído de motocicleta em Sorocaba resultou em 11 autuações

Comissão Nacional de Energia Nuclear autoriza Santa Casa a operar aparelho de radioterapia

Mensagens abrem margem para suspender decisões de Moro na Lava Jato, dizem especialistas

Prejuízo por queda ou oscilação de energia pode ser reclamado no Procon

Ministério da Educação reforça horários de aplicação do Enem neste domingo