Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

STJ absolve condenado apenas com base em reconhecimento fotográfico

Foto: Agência Brasil
Postado em: 28/10/2020

Compartilhe esta notícia:

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu ontem (27) absolver um homem condenado por roubo somente com base no reconhecimento fotográfico feito pela vítima. Pela decisão, ficou consignado que a falta de provas mínimas para acusar alguém da prática de um crime pode levar à anulação da sentença.

 

As informações são da Agência Brasil.

 

O caso chegou ao STJ por meio de um recurso protocolado pela Defensoria Pública. O suspeito foi acusado de ter participado de um assalto em Tubarão (SC) e foi condenado a cinco anos e quatro meses de prisão. As instâncias inferiores reconheceram que somente o reconhecimento facial, mesmo sem prisão em flagrante, seria suficiente para embasar a condenação. 

 

De acordo com a defensoria, não foi apresentada no inquérito policial nenhuma outra prova. Além disso, os defensores afirmaram que algumas das vítimas afirmaram que os acusados estavam com o rosto parcialmente cobertos e que não seria possível fazer o reconhecimento. 

 

Ao julgar o processo, o colegiado seguiu voto proferido pelo ministro Rogerio Schietti Cruz, relator do habeas corpus. Para o ministro, o uso exclusivo do reconhecimento como prova pode levar a casos de erro judicial. 

 

“O valor probatório do reconhecimento, portanto, deve ser visto com muito cuidado, justamente em razão da sua alta suscetibilidade de falhas e distorções. Justamente por possuir, quase sempre, um alto grau de subjetividade e de falibilidade é que esse meio de prova deve ser visto com reserva”, escreveu em seu voto.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Aneel anuncia aumento nas contas de luz com bandeira tarifária vermelha em agosto

Jovem é preso após ameaçar funcionários e roubar loja com arma pressão

Lanchonete do vereador Vitão do Cachorrão é alvo de furto

Covid-19: Parque Tecnológico de Sorocaba acelera a produção de escudos faciais

Urbes intensifica atuação em virtude do concurso público no domingo

Câmara de Sorocaba promove ciclo de palestras e debates para celebrar os 30 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente