Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Sorocaba sem água: Bairros da Zona Norte e Aparecidinha vão sofrer desabastecimento nesta tarde

Postado em: 19/10/2019

Compartilhe esta notícia:

O Saae Sorocaba alerta aos moradores das regiões Norte e Leste de Sorocaba que alguns bairros devem sofrer desabastecimento de água na tarde deste sábado (19), a partir de meio-dia. 


De acordo com a autarquia, os bairros Aparecidinha, Ouro Branco, Topázio, Josane, Amato e Nikkey devem ter o abastecimento interrompido a partir do meio-dia. Já os bairros Vila Fiori e Vila Gomes, na Zona Norte, devem sofrer com a falta de abastecimento a partir das 13h.


De acordo com o Saae, o abastecimento nas regiões deve ser restabelecido na noite ou madrugada de domingo (20). 


Como o IPA Online divulgou, o Saae afirmou estar no limite da capacidade de produção de água tratada para Sorocaba. De acordo com o diretor-geral da autarquia, Mauri Pongitor, o Saae produz 2,5 mil litros por segundo de água tratada.


O diretor disse que esse volume é suficiente para abastecer a cidade com tranquilidade em situações de consumo normal. Pongitor voltou a frisar que, nos últimos dias, o consumo de água aumentou, afetando especialmente as áreas mais altas. Bairros da cidade têm enfrentado problemas de abastecimento.


A situação das represas do Ferraz e Castelinho também é uma preocupação, segundo o diretor do Saae, principalmente por conta da falta de chuvas regulares. A autarquia declarou que a última chuva consistente ocorreu há três meses e o consumo só aumentou.


Nesta sexta-feira, o Saae fez alertas para possíveis problemas de abastecimento nas regiões do Cajuru, Iporanga Dois, Vila Haro e em catorze bairros atendidos pelos reservatórios Vila Barão e Terra Vermelha.


A situação das represas do Ferraz e Castelinho também é uma preocupação do diretor do Saae, principalmente por conta da falta de chuvas regulares. “Já são três meses desde a última chuva consistente. Em meados de julho tivemos uma chuva de 89 mm e mais nada. Só que o consumo, ou seja, a retirada de água bruta das represas, foi mantido e até aumentou por conta da demanda maior”, relatou Mauri, revelando preocupação.


Alertas pontuais diários
 

O diretor geral do Saae falou também da iniciativa da autarquia, em parceria com a Secretaria de Comunicação e Eventos da Prefeitura, de usar as redes sociais oficiais para lançar postagens de alerta sobre a tendência de desabastecimento de bairros ao longo do dia. “Conseguimos identificar essa tendência com alguma antecedência (entre uma hora e uma hora e meia) e providenciamos imediatamente a postagem desse alerta, exatamente para que as pessoas possam se precaver e, principalmente, colaborar evitando toda forma de desperdício de água. É uma prestação de serviço à população, que também disponibilizamos para a imprensa para que ela nos auxilie no trabalho de a informação chegar à população”, finalizou Mauri Pongitor.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Sorocaba recebe a maior feira de educação e artes do interior de SP

Dos 6 mil presos de SP libertados por causa da pandemia, 7% voltaram aos presídios após novo crime

“Natal Mágico” presenteia 1.200 crianças durante evento neste sábado

‘Se não tivermos uma forma confiável de apurar, dúvida sempre vai permanecer’, diz Bolsonaro sobre eleições

Proposta de reforma administrativa deve gerar economia de R$ 300 bilhões em dez anos, diz Guedes

Saae conclui 1ª etapa da troca de membranas da ETE S-2