Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Sorocaba salta de 16 para 23 casos suspeitos de coronavírus; resultados são aguardados

Foto: Agência Sorocaba
Postado em: 14/03/2020

Compartilhe esta notícia:

 

Nesta sexta-feira (13) a cidade de Sorocaba passou de 16 para 23 casos suspeitos de coronavírus (COVID-19). Tratam-se de moradores de Sorocaba, 14 mulheres e nove homens. Do número total de suspeitos, 19 possuem histórico de viagem a países com circulação do vírus e quatro tiveram contato com suspeitos da doença. O primeiro caso suspeito em Sorocaba foi registrado no dia 26 de fevereiro. Até o momento, 6 notificações de suspeitas foram descartadas pelo Instituto Adolfo Lutz (IAL), órgão estadual responsável pelos exames da doença.

Ainda não há previsão do resultado, mas assim que esteja concluído, será divulgado a toda imprensa. Vale ressaltar que os suspeitos estão sendo monitorados diariamente pela Vigilância Epidemiológica até o resultado dos exames.

Os suspeitos foram atendidos em Unidades de Pronto Atendimento e hospitais de Sorocaba, locais onde foram respeitados todos os critérios de higiene/etiqueta respiratória. Todos os suspeitos encontram-se bem e mantidos em isolamento domiciliar. As amostras para exames já foram coletadas e enviadas ao Instituto Adolf Lutz (IAL). As famílias dos pacientes foram orientadas sobre as medidas preventivas de contato.

No dia 26 de fevereiro, a Vigilância Epidemiológica Municipal elaborou o Fluxo de Atendimento para casos suspeitos de COVID-19, nomenclatura utilizada aos casos de doença respiratória causadas pelo novo coronavírus (SARS-CoV-19) identificado na China em 2019, seguindo normas estabelecidas pelo Ministério da Saúde e pelo Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de SP (CVE-SP). Todas as unidades de atendimento à saúde receberam o documento, com orientação de como proceder frente aos casos suspeitos.

Neste momento são considerados como suspeitos pacientes procedentes de países com transmissão local estabelecida que apresentem febre e sintomas respiratórios em até 14 dias após o retorno. Familiares ou pessoas com contato próximo aos casos suspeitos e que apresentem febre e sintomas respiratórios deverão também ser notificados e testados para o SARS-CoV-19.

Ações de enfrentamento ao coronavírus

Segundo o secretário da Saúde, Ademir Watanabe, na próxima segunda-feira (16), ele se reunirá com todos os infectologistas da rede pública municipal em seu gabinete para uma reavaliação geral da situação atual da cidade. Na ocasião, todos estes profissionais serão ouvidos numa sessão de brainstorming (debate de ideias) para buscar as melhores posturas de precaução, mesmo sem a cidade ter um caso confirmado.

Já no dia 18 de março, das 8h às 12h, a Secretaria da Saúde (SES) realizará uma capacitação sobre o coronavírus para todos os funcionários da saúde. O evento ocorrerá no auditório da Unip (Universidade Paulista).

Ainda de acordo com o secretário, já existe um plano de contingência para enfrentamento do coronavírus caso a doença seja confirmada na cidade. Além disso, a secretaria se reúne frequentemente com os estabelecimentos de saúde, públicos e privados, para atualizar os fluxos de atendimento, apresentar a situação epidemiológica local e estreitar relações com o objetivo de melhorar a assistência prestada.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Sorocaba atinge meta de Vacinação Contra a Gripe, diz prefeitura

Viagem ao exterior com o dólar nas alturas: manter, cancelar ou adiar?

Sorocaba sinaliza 11 casos confirmados de Coronavírus; 8 mortes são suspeitas da doença

Etecs e Fatecs prorrogam inscrição para processos seletivos até sexta-feira

Marinho Marte reassume cargo de vereador e se reúne com Fernando Dini

Operação ‘Interior Mais Seguro’ detém 19 pessoas na região de Sorocaba