Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Sorocaba registra até outubro 1,8 mil casos de sífilis e 155 de HIV

Postado em: 04/12/2018

Compartilhe esta notícia:

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), lançou oficialmente nesta segunda-feira (3), a campanha ‘Dezembro Vermelho’, instituída por meio de uma lei federal (Nº 13.504), com foco principal na prevenção ao HIV e Sífilis, as chamadas doenças sexualmente transmissíveis.

Até outubro de 2018, Sorocaba registrou 1.800 casos de sífilis e 155 de HIV. Já em 2017, a cidade atingiu 2.459 casos de sífilis e 240 de HIV. De acordo com a Secretaria da Saúde (SES), o Programa Municipal de IST/HIV/AIDS/Hepatites Virais assiste cerca de 2.300 pacientes que vivem com HIV.

Embora a campanha tenha seu ápice no mês de dezembro, o trabalho de conscientização já vem sendo feito pela SES que intensificou as ações nas unidades de saúde do município sobre a importância do diagnostico da doença. A campanha é constituída de um conjunto de atividades e mobilizações em consonância com os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS), integrado em toda administração pública, com entidades da sociedade civil organizada e organismos internacionais.

O Dezembro Vermelho tem foco na prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos das pessoas que convivem com HIV/AIDS. Vale ressaltar que fora do período de campanha, a cidade já conta com Centro de Orientação e Apoio de Sorocaba (Coas), unidade que integra a rede do Programa Municipal de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST/Aids) da SES. O local oferece testes rápidos para HIV e Sífilis à população. Já nas UBSs da cidade, são disponibilizados os testes convencionais, cujo resultado fica pronto em uma semana.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Pré-candidato a prefeito, Raul Marcelo diz que Sorocaba está um "caos administrativo"

Sugestão de ato na porta de quartéis exposta em rede social de Bolsonaro alarma militares

Manga assumirá como prefeito interino de Sorocaba durante viagem de Crespo ao Rio

Polícia Civil prende cinco suspeitos de integrar ‘gangue do rolex’

Ministério da Saúde libera cloroquina no SUS até em casos leves da Covid-19

Orientador pedagógico é afastado após ser denunciado por abusar de estudantes