Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Sorocaba inicia nesta segunda as campanhas contra poliomielite e de multivacinação

Arquivo / Agência Sorocaba
Postado em: 04/10/2020

Compartilhe esta notícia:

A partir desta segunda-feira (05) a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), inicia as campanhas contra a poliomielite e de multivacinação. O objetivo é vacinar crianças e adolescentes até 15 anos de idade. A aplicação será feita nas 32 Unidades Básicas de Saúde (UBS) das 8h às 16h. As campanhas se encerram no dia 30 de outubro.

O grupo alvo da vacinação contra a poliomielite são crianças a partir de um ano até menores de cinco anos. Já na multivacinação, serão atendidas as crianças e adolescentes com até 14 anos, 11 meses e 29 dias.

Haverá o ‘Dia D’ de vacinação no dia 17 de outubro (sábado) das 8h às 17h nas UBSs. A ação tem como objetivo reduzir o risco da reintrodução do poliovírus e promover acesso às vacinas. Outra intenção é a atualização da situação vacinal e aumentar as coberturas vacinais. Além de diminuir a incidência das doenças.

Entre as vacinas disponíveis na campanha estão: BCG, de prevenção contra a tuberculose; Pentavalente, contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e influenza B; Rotavírus humano, contra a diarreia; Pneumocócica 10, que protege contra a pneumonia, meningite e otite; Meningocócica C e ACWY, contra meningites; Tríplice viral, que previne contra sarampo, caxumba e rubéola; Antivaricela; Vacina HPV, que evita tipos de câncer em jovens; Hepatite A e Febre Amarela.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mulheres de destaque são homenageadas por loja de vestidos de festas em Sorocaba

Brasileiros resgatados na China chegam à Base Aérea de Anápolis (GO)

Com cruzamento de sinais de celular, PF indicia Chinaglia e Cunha por corrupção em caso da Odebrecht

Sincomércio aposta na potencialização do mercado regional

Santa Casa tem 5 pacientes internados com suspeita de Coronavírus e suspende as visitas

Toffoli suspende liminar de Marco Aurélio a favor de soltar condenados em 2ª instância