Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Sorocaba está entre cidades de operação policial em combate a sites ilegais de filmes

Operação conta com a participação das Polícias Civis de 12 estados / Divulgação / Ministério da Justiça e Segurança Publica
Postado em: 01/11/2019

Compartilhe esta notícia:

Uma operação para combater crimes praticados contra a propriedade intelectual foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (1º), em 12 estados: Amazonas, Bahia, Espirito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Paraíba, Pernambuco, Santa Catarina e São Paulo.

Coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, a Operação 404 cumpre desde as primeiras horas desta sexta 30 mandados de busca e apreensão, bloqueio e/ou suspensão de 210 sites e 100 aplicativos de streaming ilegal de conteúdo, desindexação de conteúdo em mecanismos de busca e remoção de perfis e páginas em redes sociais.

As informações são da Agência Brasil.

Sorocaba é uma das cidades em que ocorre a operação em São Paulo, além dos municípios de Rancharia, Marília, Botucatu e Catanduva. No estado, policiais cumprem, no total, nove mandados de buscas e apreensão. Somente no interior paulista são cinco mandados, já na capital quatro são cumpridos.

Segundo o ministério, o nome da operação, denominada 404, faz referência ao código de resposta do protocolo HTTP para indicar que a página não foi encontrada ou não está disponível.

As ações para o cumprimento das medidas judiciais estão sendo executadas pelas policias civis dos 12 estados.

No Brasil, a pena para quem prática esse crime é de reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa (art. 184, §3º do Código Penal Brasileiro).

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Feira de adoção de filhotes acontece neste final de semana no Campolim

São Paulo proíbe fornecimento de canudos de plástico em todo o estado

Câmara vota 17 projetos e cinco vetos do prefeito nesta terça-feira

Use seu tempo livre de forma inteligente

TRE-SP confirma campanha irregular de Rodrigo Manga e fixa multa de R$ 20 mil

Sorocaba amplia para 8 horas funcionamento de estabelecimentos da Fase Amarela