Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Sorocaba e Campinas são as cidades que mais preocupam governo do Estado; SP ultrapassa 192.600 casos de Covid-19

Arquivo
Postado em: 18/06/2020

Compartilhe esta notícia:

Patrícia Pasquini, da Folhapress

Desde o início da pandemia até esta quinta-feira (18), o estado de São Paulo somou 192.628 casos de Covid-19 e 11.846 mortes, de acordo com dados divulgados pelo secretário estadual da Saúde, José Henrique Germann, durante coletiva de imprensa. As cidades de Sorocaba e Campinas são as que mais têm gerado preocupação em todo o Estado.

O número de infectados é 0.58% maior que o registrado nesta quarta (17), quando chegou a 191.517. As mortes também tiveram alta, de 2,82%, passando de 11.521 para 11.846.

A expectativa é que o número de infectados seja maior, porque há dois dias o levantamento diário de casos de Covid-19 está prejudicado por uma falha do e-SUS, sistema do Ministério da Saúde que faz o gerenciamento ambulatorial de pacientes na rede pública.

O indicador é importante para direcionamento de ações do Plano São Paulo, para afrouxamento da quarentena no estado.

Nesta quinta, 14.041 pessoas com confirmação ou suspeita de Covid-19 estão internadas no estado. Destas, 8.620 permanecem em enfermarias e 5.421 em unidades de terapia intensiva. As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 71,3% na Grande São Paulo e 67% no Estado.

Sorocaba e Campinas são as cidades que mais preocupam as autoridades médicas atualmente. Ambas apresentam taxas de ocupação de leitos de UTI altas -83% e 90%, respectivamente. Assustam também os percentuais de aumento de internações -104% em Campinas e 127% em Sorocaba.

Nesta quinta, o AME Campinas chegará a 35 leitos de UTI, segundo o secretário Germann, e as duas cidades receberão mais 50 leitos de terapia intensiva até o próximo sábado (20).

O estado de São Paulo receberá mais 500 respiradores até a próxima segunda-feira, permitindo um aumento de 230% no total de leitos de UTI.

No dia 16 de junho, as taxas de isolamento social ficaram em 46% no estado e 48% na capital. Nesta quarta, 46% no estado e 47% na cidade de São Paulo.

O coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus, Carlos Carvalho, disse que o governo estuda antecipar a reabertura de alguns parques, mas a decisão sairá na próxima semana. No Plano São Paulo, o funcionamento dos parques públicos está previsto para a última fase.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Zoo completa 50 anos com festa e cerimônia marcada pela alegria e emoção

Votorantim confirma primeiro caso de sarampo em criança; paciente passa bem

Ibope: Bolsonaro tem 31%; Haddad, 21%; Ciro, 11% e Alckmin, 8%

Justiça impede acesso de turistas por rodovia ao litoral paulista em megaferiado

Cometa atinge aproximação máxima da Terra nesta quinta

Vereadores revelam como devem votar no julgamento da vice-prefeita