Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

São Paulo não vai ter Réveillon na Paulista, mas Parada LGBT segue prevista para novembro

Arquivo / Folhapress
Postado em: 17/07/2020

Compartilhe esta notícia:

Jovem Pan News

O prefeito da Cidade São Paulo, Bruno Covas, confirmou que a virada do ano de 2020 para 2021 não terá a tradicional festa de Réveillon na Avenida Paulista. Covas disse que tanto a Prefeitura quanto o Governo do Estado “temem muito a realização de um evento” desse porte em dezembro. De acordo com o prefeito, a Virada na Paulista requer organização de pelo menos três meses já que envolve patrocínio, agenda de artistas e venda de pacotes de turismo — por isso o anúncio foi feito “com a maior previsibilidade possível”.

A Prefeitura já tinha comunicado que a Virada Cultural de 2020 seria online. Sobre a realização da Parada LGBT e da Marcha para Jesus, previstas para junho e remarcadas para novembro, Bruno Covas disse que o governo está “em conversa com os organizadores”. Ele também anunciou que nesta sexta serão assinados quatro protocolos: o da educação não-formal, das aulas práticas em Universidades, dos vendedores ambulantes e de treinos para atletas de alto rendimento.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Polícia Federal usará drones nas eleições 2020 para apurar crimes eleitorais

Porta de banheiro sem fechadura: pacientes reclamam da UPH Norte

Polícia Civil cumpre mandados de busca e apreensão em endereços do ex-prefeito José Crespo

GCM acaba com baile funk; mil pessoas participavam de ‘festa proibida’ na Raposo

Novas parcelas do auxílio de R$ 300 começam a ser pagas nesta quarta

Anvisa autoriza uso emergencial e temporário de vacina contra covid-19