Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Sexo, erotização e Dia dos Namorados: prazer ainda é tabu? Ipa Online desvenda

Postado em: 12/06/2019

Compartilhe esta notícia:

Por Gustavo Ferrari

Casais enriquecem juntos, dispara o guru pós-moderno do mundo capitalista deste século. A felicidade, outrora quimera dos deuses gregos, faz-se necessária quando o assunto é qualidade de vida, falando de saúde.

E viver bem é ter estímulos sexuais “dentro da eternidade e a cada instante”, diria o poeta Vinicius de Moraes. Mas, afinal de contas, como andam as relações nesta era digital?

Somos a soma de um conjunto de fatores. Da estética à racionalidade mercantilista, produzimos aquilo que nos dá prazer, cooptando desejos à acentuação de neurotransmissores/medidores químicos, como serotonina e noradrenalina, respectivamente.

Dessa forma, para desvendar os mistérios da libido, em pleno Dia dos Namorados, o Ipa Online bateu um papo com a sex coach das Gavetas Secretas, Elaine Santos*, que destaca os desafios de se falar a respeito da erotização por meio dos produtos e brinquedos sexuais no ambiente de trabalho corporativo:

width=1280
Foto: Elaine Santos

Os produtos sensuais das Gavetas Secretas atiçam o pensamento e, consequentemente, a criatividade sexual das mulheres, assim como dos homens. Como é apresentar esses produtos num ambiente de trabalho corporativo?

Tudo que está relacionado com a palavra “sexo”, sempre desperta muito interesse entre homens e mulheres e isto é extremamente natural, provavelmente por ser um assunto tão comedido, tão moderado no dia-a-dia.

Nos ambientes corporativos, eu me sinto muito tranquila e segura para expor os produtos e explicar suas funcionalidades e seus benefícios para todos os colaboradores homens e mulheres independente das funções que exercem dentro das empresas, pois trabalho já há 15 anos representando os produtos de uma indústria brasileira muito conceituada, que é considerada a melhor da América Latina (conforme pesquisas), pois além de atender o mercado nacional, também exporta para Colômbia, Argentina, Espanha e Estados Unidos.

Os trabalhos dentro das empresas são efetuados através de palestras e exposições onde abordo os temas relacionados sobre autoestima, autoconhecimento e resgate do namoro dentro do casamento, bem como a apresentação dos produtos e sua finalidades. Essas palestras e exposições ocorrem o ano todo em empresas de pequeno, médio e grande porte (de todos os segmentos) e em eventos particulares, mas principalmente em datas comemorativas, ou seja, Dia das Mulheres, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia dos Namorados e próximo ao Ano Novo.

No primeiro momento, as pessoas se mostram um tanto inibidas, porém como o trabalho é desenvolvido de uma forma extremamente profissional, com uma linguagem respeitosa, os participantes vão se sentindo mais à vontade em efetuar seus questionamentos e expor suas dúvidas com relação a forma de utilização dos produtos.

Conforme pesquisa realizada nos EUA e publicado no “Journal of Management”, aponta que, colaboradores com vida sexual saudável e constante, executam melhor suas tarefas, são mais bem humorados, se ausentam menos do trabalho e mantém um bom relacionamento interpessoal com os colegas do setor e empresa em geral.

Qual é a principal barreira que as Gavetas Secretas encontra quando se trata de mostrar os produtos a mulheres que, na maioria das vezes, não têm contatos periódicos com a erotização para fortalecer uma relação, seja ela desgastada ou não?

Esse trabalho que desenvolvemos é desafiador, porém extremamente gratificante e acredito ser a nossa missão desmistificar esse contexto tão reservado, tão guardado a sete chaves por muitos, independente de idade ou de serem homens ou mulheres.

Bem, no primeiro momento observamos um pouco de constrangimento por parte das mulheres, pois foram tolhidas a vida toda quando a conversa gira em torno da palavra “sexo”, mas depois de alguns minutos percebemos o desejo das mesmas em adquirir conhecimento e entendimento no assunto e mediante a essa aceitação, vamos desenvolvendo o trabalho com muita delicadeza e abordando assuntos da intimidade da mulher, com total sutileza, o que para nós é muito tranquilo, pois também somos mulheres e também passamos por toda essa castração.

A faixa etária de nossas clientes é de 18 a 85 anos e os questionamentos são muitos, percebemos que elas sentem necessidade de externar e sanar suas dúvidas, e nós da Gavetas Secretas estamos preparadas e temos satisfação em auxiliá-las nessas descobertas, que com toda certeza fara diferença na vida pessoal e sexual de cada uma delas.

width=600
Foto: Reprodução/Facebook

Produtos eróticos ainda são tabus? As mulheres ficam envergonhadas, por exemplo, ao fazer um pedido de encomenda de uma prótese peniana ou até mesmo de um vibrador?

Na minha opinião, já tivemos tempos bem mais difíceis de abordagem para se falar dos produtos sensuais, hoje sentimos que as mulheres se encontram mais suscetíveis para conversarem sobre esse assunto, percebemos isso nas palestras que ministramos.

Com relação a aquisição de prótese peniana, a procura é ínfima, pois como sabemos, o prazer feminino não é necessariamente vaginal e sim glitoriano, sendo desta forma a maior procura geralmente é de gel excitante e do vibrador glitoriano (Bullett). Na verdade o que restringe um pouco nossas clientes em adquirir um Bullett, não seria timidez e sim a forma que seu parceiro irá encarar essa aquisição sem se frustrar.

Na opinião das Gavetas Secretas, erotização sem sexo é possível?

Sim é possível, um exemplo são câmeras de web que muito são utilizadas para essa finalidade, mas ficaria aí um questionamento:

– Até onde isso é realmente gratificante?

– Onde estaria o romantismo, sedução e real satisfação pessoal e sexual?

Em tempos de sexo virtual, como as Gavetas Secretas podem ajudar os casais a apimentarem a relação por meio de fetiches digitais?

Então… Nosso foco não seria exatamente esse, na verdade trabalhamos para o resgate da relação corpo a corpo, do namoro no casamento, algo mais verdadeiro, de pele na pele, de olhos nos olhos, de um cafuné carinhoso nos cabelos, de um abraço apertado, de um amasso gostoso no portão entre namorados, de uma pele arrepiada, de mordidinhas na orelha, de sentir as mãos deslizando naquele babydoll de seda, de um beijo na boca demorado e não apenas um contato por uma “tela fria” de um note ou celular, onde na maioria das vezes as “verdades” nem sempre são ditas.

Os produtos eróticos continuam ajudando os casais a manterem uma relação saudável? Há ciúmes quando um dos parceiros(as) adquire um produto, por exemplo, sem o consentimento do outro(a)?

Os produtos sensuais na verdade são apenas um adendo, um complemento prazeroso, mas não significa necessariamente que o casal manterá uma relação saudável, tudo dependerá de como está esse relacionamento na intimidade de cada um, ambos estão felizes com o seu parceiro(a) no contexto amplo da palavra?

Além do sexo, será que há amor entre ambos, companheirismo, respeito pela individualidade, o querer bem e o cuidar? Se a resposta for afirmativa, então com toda certeza os produtos sensuais (gel excitante, gel para sexo oral e anal, óleos de massagens e acessórios diversos) trarão uma dinâmica mais prazerosa para a vida desses casais apaixonados.

Com relação ao ciúme por adquirir um produto sensual é muito relativo, depende de cada casal, tem casais que o parceiro(a) gosta e fica feliz pela iniciativa do outro em querer inovar, mas também tem casais que não se sentem confortáveis quando o parceiro(a) chega trazendo a novidade para a relação. Nós das Gavetas Secretas, sugeríamos as nossas clientes sempre trabalhar com a sutileza e a verdade, uma mudança de comportamento requer cuidados, tudo depende da forma que é falada, a única coisa que não pode é uma relação entre casais apaixonados ficar fadada na mesmice, justamente em um momento que o “mercado sensual” nos presenteia com tantas novidades incríveis para nosso prazer, fazendo uma analogia, seria como um escritor ou jornalista que se recusa trocar uma limitante máquina de escrever por um computador conectado com mundo.

Concluo, com uma frase de Albert Einstein, a qual utilizamos em nossas palestras: “A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original”.

*Elaine Santos tem 54 anos, é casada e mãe. Formada em Ciências Humanas, atualmente cursa Psicanálise. É palestrante motivacional e sex coach da Gavetas Secretas.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Homem com suspeita de Coronavírus em São Roque recebe alta médica e ficará em quarentena

Vereador: atendimento telefônico da Policlínica é “impossível” para munícipes

Número de mortes por coronavírus na Europa supera o da China

Cras oferece capacitação para jovens ingressarem o mercado de trabalho

Sorocaba registra 12.121 casos da Covid-19; número de recuperados avança para 11.237

Vereador que ajudou a cassar prefeito deixa PSDB para presidir o PP de Sorocaba