Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Servidores da Saúde usam mesma máscara por 15 dias, diz presidente de sindicato

Foto: Agência Sorocaba
Postado em: 14/05/2020

Compartilhe esta notícia:

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba, Salatiel Hergesel, denunciou ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan Sorocaba, edição desta quinta-feira (14), que servidores de Saúde do município usam a mesma máscara de proteção respiratória, como forma de prevenir a covid-19, por até cerca de 15 dias seguidos.


O fato, de acordo com Hergesel, preocupa o sindicato. "Uma servidora nos relatou que recebe apenas duas máscaras por mês. Será que os funcionários públicos estão seguros?", questionou. 


A máscara geralmente utilizada pelos servidores são descartáveis, não têm filtro e não são laváveis, alegou o presidente do sindicato.


Questionada pelo Ipa Online, a Secretaria de Saúde negou irregularidade e respondeu que: "de acordo com a recomendação da Anvisa e após protocolo da instituição as máscaras PFf2 podem ser reutilizadas, por até 15 dias cumprindo algumas orientações de uso, como manter a máscara limpa, seca e sem a perda da barreira protetiva, que faça a retirada corretamente, pelas alças e sem tocar na frente e na parte interna da máscara". Ainda segundo a prefeitura,  a Pasta envia máscara para troca a cada 7 dias, ou sempre que as máscaras não estiverem atendendo os requisitos de segurança".


O sindicato denunciou nesta semana que a Secretaria de Saúde "esconde mais de 20 casos de servidores públicos com coronavírus". "Imagina você trabalhar com seu colega e descobrir que ele tem covid-19", disparou o presidente do sindicato.

 

Conforme Hergesel, 15 servidores foram afastados de suas funções por testarem positivo para o novo coronavírus e entre 8 ou 9 servidores também estão em quarentena por apresentar sintomas da doença.


"O servidor público da saúde está trabalhando inseguro. Agora, começou a ter informações dos colegas que estão com covid-19. Isso gera insegurança, gera medo", lamentou. 


Após a repercussão da denúncia, a prefeita Jaqueline Coutinho procurou Hergesel e garantiu ao sindicato que "determinou à SES que todo servidor da Saúde que teve ou tiver contato com pacientes ou servidores com diagnóstico confirmado de Covid-19, seja testado por teste RT PCR que dá a confirmação a partir do segundo dia de contaminação". 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Prefeitura recebe inscrição para o Mutirão de Castração na região do Lopes de Oliveira até sexta-feira

Verão no Hemisfério Sul começa hoje à noite

Denúncia aponta sobrepreço de R$ 60 milhões em compras de SP; Saúde rescinde 2 contratos

Saae diz que “monitoramento garante a qualidade da água de Sorocaba”

Votorantim vacina contra a gripe nesta sexta-feira por sistema drive-thru

Ônibus “Tem Saída” atende moradores em situação de rua