Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Sepultamento de suspeitos ou vítimas do novo coronavírus é normatizado

Foto: Agência Sorocaba
Postado em: 25/03/2020

Compartilhe esta notícia:

Para evitar o contágio do novo coronavírus e a propagação da COVID-19, a Secretaria de Serviços Públicos e Obras (Serpo) publicou, nesta terça-feira (24), no Jornal Município de Sorocaba, uma instrução normativa com novos procedimentos para o sepultamento de pessoas que vierem a óbito por conta da doença, ou que seja classificado como suspeita de contágio pelo novo coronavírus. O objetivo da medida é minimizar a exposição de familiares e de funcionários dos cemitérios municipais.

Segundo a normativa, “todas as pessoas que vierem a óbito por conta do COVID-19, ou suspeita deste vírus, serão encaminhadas ao Cemitério Santo Antônio”. Esta medida não é válida para quem possui sepulturas nos cemitérios particulares, ou em outros municípios. De acordo com a Serpo, o horário do cemitério Santo Antônio será estendido para os casos de atendimento de morte pelo novo coronavírus.

Quando de um falecimento decorrente do coronavírus, não será permitida a entrada de familiares durante o sepultamento, como forma de se evitar contágio. Seguindo as orientações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA, também não acontecerão velórios.

Importante ressaltar que os cemitérios municipais (Santo Antônio, Consolação, Saudade e Aparecidinha) estão com as visitações e exumações suspensas por prazo indeterminado, desde o dia 20 de março.

Para mais informações, entrar em contato com os cemitérios ou na Serpo, pelos telefones 3331-7030; 3331-7032; 3331-7031 e através do e-mail: serpo@sorocaba.sp.gov.br. O cemitério Santo Antônio fica na rua Luiz Gabriotti, nº 871, Wanel Ville  e atende pelo telefone (15) 3221-4448.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Homem é preso após ser denunciado por adulterar e vender cosméticos com datas vencidas

Cristian Cravinhos é condenado em 2ª instância por tentar subornar policiais em Sorocaba

Deslizamentos em Campos do Jordão deixam quatro mortos

Governo estuda liberar exportação de madeira in natura da Amazônia

Prefeitura anuncia revitalização de ciclovias a partir da primeira semana de abril

Gerentes do tráfico que abasteciam ‘biqueiras’ são presos com mais de 21 mil porções de drogas