Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Selo Social vai reconhecer iniciativas relativas à pandemia do coronavírus

Arquivo / Ipa online
Postado em: 03/05/2020

Compartilhe esta notícia:

A edição deste ano do Selo Social será especial e reconhecerá iniciativas visando o combate à pandemia do novo coronavírus, que já matou milhares de pessoas pelo mundo. A ideia do programa, realizado numa parceria entre a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Cidadania (Secid), e o Instituto Abaçaí, de Santa Catarina, é reconhecer ações que tragam melhorias para a comunidade, por meio de uma certificação concedida a empresas, entidades sociais e órgãos públicos que demostrem compromisso social.

Em Sorocaba, segundo a coordenadora do Selo Social na Prefeitura, Maria da Penha Nihei,o programa existe desde 2014 e 49 organizações receberam a certificação no ano passado, sendo a certificação renovada anualmente através de novas iniciativas.

Conforme disse, o Selo é muito importante como “reconhecimento de iniciativas que tragam melhorias para a comunidade, por meio de uma certificação concedida a empresas, entidades sociais e órgãos públicos que demonstrem compromisso social”. Penha considera que “em tempos de concorrência cada vez mais acirrada, especialmente para as empresas, a obtenção do Selo Social engrandece e valoriza a marca da organização”, comentou.

Inscrições

Para este ano as inscrições estão abertas no site www.selosocial.com/inscricao e podem ser feitas até o dia 15 de maio. Podem se inscrever organizações do primeiro, segundo e terceiro setores que queiram ser reconhecidas como parte de um grupo de pessoas e organizações que potencializam suas ações sociais por meio de parcerias, iniciando uma rede do bem em prol da melhoria da qualidade de vida da sua comunidade.

Para receber o Selo Social os interessados participam de encontros coordenados pelo Abaçaí e que auxiliam as organizações na obtenção da certificação. O programa atua na qualificação e mensuração dos resultados de ações, por meio do monitoramento e reconhecimento dos impactos sociais.

A coordenadora do Selo Social em Sorocaba considera o tema escolhido para este ano muito pertinente: “Solidariedade”. “Este tema é importante para ser colocado este ano, pois as dimensões do coronavírus são imprevisíveis e sem precedentes de onde pode parar. O rompimento de barreiras se espalhando por todos os continentes, afetando de forma significativa a economia mundial.  O ponto positivo dessa pandemia é a cooperação das forças internacionais e locais no combate ao coronavírus”, comentou.

Sorocaba participa do Selo Social desde 2014 como piloto, 2015 foi o Ano do “Reconhecendo e Transformando”; 2016 foi o Ano do “Integrando e Reconhecendo”, 2017 “Inovando e Integrando”, 2018 “Planejando e Inovando” e 2019 “Transformando e Reconhecendo”.

Os participantes e Prefeitura não têm custo algum para fazer parte desta certificação. Empresas locais se comprometeram com a cidade custeando sua implantação e execução, para que este seja gratuito a todos.  As empresas que estão investindo no desenvolvimento social de Sorocaba são a Unimed; Sorocaba Park Hotel; Esamc, Kanjiko e Flex.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

PF cumpre 6 mandados de prisão contra fraudes em contratações na saúde

Trump fala sobre a Covid-19: ‘Teremos uma vacina em questão de semanas’

Recuperação no asfalto vai interditar novo trecho no entorno da Rodoviária nesta madrugada

Sorocaba debate implantação de protocolo de saúde à população LGBT

Mulher é presa tentando subornar policiais militares

Venda de munições cresce 24% no governo Bolsonaro