Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Selo Social certifica 29 organizações na edição de 2020

Arquivo
Postado em: 07/12/2020

Compartilhe esta notícia:

Quase trinta organizações receberam a certificação digital do Selo Social, na semana passada. A edição deste ano reconheceu iniciativas visando o combate à pandemia do novo coronavírus. O projeto é idealizado por meio da Secretaria de Cidadania (Secid), em parceria com o Instituto Abaçaí, de Santa Catarina. Ao todo, em 2020, foram 105 projetos certificados que alcançaram cerca de 40 mil pessoas em Sorocaba. Uma cerimônia remota vai oficializar a premiação às instituições nesta quinta-feira (10).

As ações de impacto social envolvem desde o acolhimento noturno para pessoas em situação de rua; doação de cestas básicas, materiais de higiene e limpeza, e a campanha de conscientização da importância de exercícios físicos durante a pandemia, além disso, a distribuição de máscaras para prevenção ao coronavírus. Em Sorocaba, as empresas patrocinadoras do projeto Selo Social foram a Flex, Unimed Sorocaba, Kanjiko do Brasil e Sorocaba Park Hotel.

O Selo Social tem como objetivo estimular boas iniciativas que auxiliem os moradores da cidade, além de reconhecer o trabalho de empresas, órgãos públicos e entidades sociais. A campanha propõe a ligação entre poder público, setor privado e terceiro setor para desenvolver projetos sociais. A tecnologia do projeto, estimula organizações, qualifica e mensura ações com impactos que melhoram e promovem o desenvolvimento social local, com base nos dezessete objetivos de desenvolvimento sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU). Segundo a coordenadora do projeto e servidora da Secid, Maria da Penha Nihei, a certificação é extremamente importante para a empresa “Em tempos de concorrência cada vez mais acirrada, especialmente para as empresas, a obtenção do Selo Social engrandece e valoriza a marca da organização”, afirma.

Esta é a sexta edição do Selo Social em Sorocaba. A Prefeitura é um dos articuladores, por meio da Secid, que avalia os projetos sociais e participa propondo ideias de suas secretarias municipais. “Neste ano de pandemia, o Selo Social e sua metodologia foram de fundamental importância para que as organizações tivessem um estímulo para manter suas ações, adaptando-as para a nova realidade e novas necessidades”, afirmou o secretário da pasta, Paulo Henrique Soranz.

Empresas, entidades sociais e órgãos públicos, podem se inscrever gratuitamente para a próxima edição da certificação do Selo Social. Para mais informações, acesse o site: www.selosocial.com/sorocaba.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Após anunciar namoro com menina de 12 anos, tiktoker volta atrás: ‘Era trolagem’

Acusado de matar a namorada foi preso ao voltar para o Brasil após ser assaltado

Saae volta a alertar sobre prática de golpes, principalmente contra idosos

Obras do BRT na Av. São Paulo vão alterar trânsito na próxima semana

Hospital de campanha recebe redes elétrica e hidráulica

Moro converge com Bolsonaro sobre maioridade penal e posse de armas