Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Secretaria de Segurança de Sorocaba deflagra "Operação Saturação"

Agência Sorocaba
Postado em: 21/05/2020

Compartilhe esta notícia:

A Secretaria de Segurança Urbana (SESU), por meio de sua Guarda Civil Municipal (GCM), deflagrou nesta quinta-feira (21) a "Operação Saturação".  O propósito é aumentar a sensação de segurança de moradores e comerciantes nos bairros da cidade, principalmente neste momento de isolamento social devido à pandemia no novo coronavírus.

Dividida por região, a operação começou na região Leste da cidade com a averiguação de 25 pessoas,  26 ações de caráter não criminal e 161 pontos preventivos de estacionamento.

A região Norte foi dividida em três setores para maior eficiência das ações. Na "Operação Norte 1" foram realizadas 42 fiscalizações de trânsito, 18 ações de caráter não criminal e 57 pontos preventivos de estacionamento. Além da detenção em duas ocorrências distintas de três indivíduos, com apreensão de  mais de 1.100 porções de drogas, entre crack, cocaína e maconha.

Segundo o titular da Sesu, Marcelo Carriel, a GCM também tem o dever de colaborar de forma integrada com os órgãos de segurança pública, atuando em ações que contribuam com a paz social. Além disso, à Guarda Municipal cabe desenvolver ações de prevenção primária à violência, isoladamente ou em conjunto com os demais órgãos da própria municipalidade. A "Operação Saturação" da Sesu deve continuar e atender a todos os bairros da cidade, visando redução nos indicadores de violência.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Isolamento em Sorocaba teve média abaixo de 44% na semana, fechando pior período da quarentena

Delegado Seccional afirma que organização criminosa atua na Prefeitura

Constantino: quarentena ignora desespero do povo pobre; ouça o comentarista do Jornal da Manhã

Guarda Civil Municipal prende homem com 128 porções de drogas no Éden

Brasil tem 11 mortes; casos de Coronavírus só cairão em setembro, diz ministro

Em evento no Rio, Lula compara governo Bolsonaro ao nazismo na Alemanha