Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Secretaria de Igualdade e Assistência Social inaugura Central de Libras

Postado em: 18/08/2018

Compartilhe esta notícia:

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Igualdade e Assistência Social (Sias), inaugura na próxima segunda-feira (20), a Central de Interpretação de Libras (CIL), no Centro de Referência da Pessoa com Deficiêcia (CRPCD), na Vila Gabriel, Zona Norte da cidade. A iniciativa ocorre em parceria com o programa “Viver Sem Limite”, do Governo Federal.

O objetivo da CIL será de promover a inclusão social de pessoas com deficiência auditiva e facilitar o acesso a serviços, através da mediação da comunicação por meio da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), com serviços de tradução e interpretação.

Segundo o Censo de 2010, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil possui 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. Desse total, 2.147.366 apresentam deficiência auditiva severa. Ainda de acordo com o IBGE de 2010, Sorocaba tem 28.728 pessoas com deficiência auditiva.

A princípio, a unidade terá apenas um intérprete, com previsão para contratação de outro em 2019. O profissional que fará a mediação em Libras foi contratado pela empresa que venceu o processo licitatório.

A secretária de Igualdade e Assistência Social, Cíntia de Almeida, comenta que Sorocaba está na vanguarda desse novo serviço para a população. “Incluir as minorias e promover um ambiente de respeito às diferenças, não é apenas uma obrigação legal, é uma aposta no futuro que deixa Sorocaba à frente na inclusão social”, explicou a secretária.

As pessoas que precisarem do auxílio deverão fazer o agendamento com a interlocutora para que ela preste este auxílio, por exemplo, numa consulta médica ou numa audiência na Defensoria Pública.

A Central também atenderá os serviços de solicitação de emissão de documentos pessoais (CPF, Carteira de Identidade, Carteira de Trabalho, Passaporte etc), cadastramento nos programa sociais governamentais, consulta de situação de benefícios, auxílio na consulta de benefícios ao trabalhador (FGTS, seguro-desemprego, vagas de emprego no SINE etc), interpretação em atendimentos de ocorrências policiais, solicitação de remédios nas farmácias populares no primeiro atendimento e entrevistas de emprego no âmbito das agências públicas de emprego

No dia e horário agendados, a interlocutora buscará o usuário em sua residência e o levará ao local do atendimento com carro doado para a CIL pelo Ministério das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, sendo a responsável por fazer a tradução de tudo que for falado em Libras, para que o deficiente auditivo entenda.

O munícipe poderá fazer o agendamento da prestação do serviço presencialmente, através dos telefones 3224-4636 e 99140-8074, por ligação de vídeo com a intérprete ou até mesmo pelo e-mail: cilsorocaba@gmail.com.

A CIL funcionará de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, no Centro de Referência da Pessoa com Deficiência (CRPCD), localizado na rua João Gabriel Mendes, 351, na Vila Gabriel.

Viver Sem Limite
Sorocaba aderiu ao “Viver Sem Limite” em dezembro de 2016, por meio da Secretaria de Igualdade e Assistência Social, com o intuito de melhorar a acessibilidade e inclusão da pessoa com deficiência.

O programa Viver Sem Limite foi lançado pelo Governo Federal no dia 17 de novembro de 2011, e é baseado no Plano Nacional de Pessoas com Deficiência, como resultado do compromisso político com a cidadania das pessoas com deficiência no Brasil. Tratando de um conjunto de políticas públicas estruturadas em quatro eixos: Acesso à Educação; Inclusão social; Atenção à Saúde e Acessibilidade.

Libras
A Língua Brasileira de Sinais (Libras) existe desde 1857, quando os gestos usados pelos surdos foram misturados com a língua francesa de sinais. Porém, em 1880, num congresso sobre surdez em Milão, foi proibida a utilização da língua de sinais em todo o mundo, considerando a leitura labial como a maneira mais eficiente de educar uma pessoa com deficiência auditiva.

Só em 2002 que o Governo Federal reconheceu a Libras como uma das línguas oficiais do Brasil, passando a dar mais visibilidade para a comunidade.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Biden evita declarar vitória, mas fala como presidente e pede união

Bolsonaristas criam "corrente do bem" e se medicam com cloroquina, azitromicina e antipulgas

Chinês é preso com quase cinco quilos de metanfetamina na rodovia Castello Branco

Brasil adere a aliança para aceleração da vacina contra a covid-19

Abastecimento de água na Zona Oeste será interrompido nesta manhã de sexta

Comissão que pode cassar Crespo convoca reunião; prefeito deve ser intimado