Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Saiba tudo que já foi cancelado na cultura por causa do Coronavírus

Foto: Futura Press/Folhapress
Postado em: 12/03/2020

Compartilhe esta notícia:

Marina Lourenço, Folhapress

 

O novo coronavírus, covid-19, tem causado uma série de prejuízos ao redor do mundo. Seja pelo alto número de pessoas infectadas e mortas, pela queda na bolsa de valores ou pelos constantes cancelamentos de eventos, a doença respiratória tem causado grande impacto mundial. Exemplo disto, é o crescente número de bandas, artistas, museus, festivais e produtoras de filmes que cancelaram, adiaram ou mudaram regras de algum evento ou espaço cultural em decorrência da pandemia. Confira a seguir alguns deles:

 

​COACHELLA

 

Um dos maiores festivais de música do mundo, o Coachella, foi cancelado. O evento seria realizado na Califórnia, nos Estados Unidos, entre os dias 10 e 19 de abril. Agora, acontecerá entre os dias 9 e 18 de outubro.
As cantoras Anitta e Pablo Vittar compõe o lineup das apresentações, ao lado de Frank Ocean, Travis Scott, Rage Against the Machine e Lana Del Rey.

 

LOLLAPALOOZA

 

O Lollapalooza, festival musical que ocorre anualmente em diferentes países do mundo, também foi afetado pelo novo coronavírus. Tanto a edição do Chile, quanto a da Argentina foram canceladas. Em ambos os locais a programação começaria no dia 27 de março.

 

Em comunicado, a organização do festival afirmou que está analisando novas datas para possível adiamento. "Diante desse acontecimento sem precedentes, nossa prioridade máxima é preservar a saúde e a segurança de público, artistas e equipe de trabalho, e acatar as medidas preventivas das autoridades públicas e sanitárias.", informa a nota. No Brasil, a edição do evento, prevista para os dias 3, 4 e 5 de abril, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, continua mantida até o momento.

 

FESTIVAL DE CURITIBA

 

O festival de teatro de Curitiba foi reagendado para setembro. O início da edição de 2020 evento estava previsto para 24 de março. "A decisão se deve à segurança e ao cuidado com a saúde do público, dos artistas e de toda a equipe de trabalho. Os ingressos já adquiridos continuam válidos para a programação nas datas informadas", diz o comunicado.

 

SUZANE VON RICHTHOFEN

 

Os longa-metragens "A Menina que Matou os Pais" e "O Menino que Matou Meus Pais", de Mauricio Eça, que contam o caso do assassinato dos pais de Suzane von Richthofen, tiveram a estreia, prevista para 19 de março, canceladas nesta quinta-feira (12). Ainda não se sabe a nova data de lançamento.

 

Os dois filmes, que estão entre os mais aguardados do ano do cinema brasileiro, retratam as duas versões do caso Richthofen. Uma retrata a perspectiva de Suzane, e a outra a de seu ex-namorado, Daniel Cravinhos.

 

PRIMAVERA LITERÁRIA BRASILEIRA

 

A Primavera Literária Brasileira cancelou a edição de 2020, que aconteceria em abril nos Estados Unidos, nesta quinta-feira (12) em nota divulgada. O evento é conhecido por reunir escritores brasileiros e pessoas estrangeiras que lecionam ou estudam a língua portuguesa.

 

SOUTH BY SOUTHWEST

 

O festival de música e cinema South by Southwest (SXSW), que aconteceria entre os dias 13 e 22 de março, também foi cancelado. Em comunicado oficial, os organizadores afirmaram que estão estudando as possibilidades de reagendar do evento, que contaria com apresentações de oito bandas e artistas brasileiros. "Ainda faríamos 17 shows por lá, mas tivemos de cancelar. Depois iríamos para Europa, mas, por causa do coronavírus, estamos segurando.Também faríamos o Treefort nos Estados Unidos agora em março, que foi adiado para setembro.", afirmou ao Uol o vocalista do grupo Glue Trip, que se apresentaria no festival.

 

MAROON 5

 

Os dois últimos shows da turnê da banda americana Maroon 5 na América Latina foram cancelados nesta quinta-feira (12). Os eventos aconteceriam na Argentina e na Colômbia

 

THE WHO

 

Faltando somente quatro dias para começar uma turnê no Reino Unido, a banda de rock The Who cancelou os shows no local.

 

BTS

 

A banda sul-coreana de k-pop anunciou em fevereiro que manteria seus shows, mas que eles seriam apresentados sem plateia e transmitidos online ao vivo. Pouco tempo depois, contudo, afirmaram que não fariam mais as apresentações e que não era possível saber se terão novas datas.

 

GREEN DAY

 

A banda americana Green Day adiou uma turnê na Ásia, que tinha início marcado para 8 de março. "Guardem seus ingressos. Nós anunciaremos as novas datas muito em breve", escreveu em seu perfil no Instagram.

 

CINEMACON

 

O evento anual CinemaCon, que reúne diferentes profissionais da indústria do cinema, foi cancelado nesta quarta-feira (11). A convenção aconteceria entre os dias 30 de março e 2 de abril em Las Vegas, nos Estados Unidos. Em nota oficial, o presidente da Associação Nacional dos Proprietários de Cinemas, John Fithian, justificou que uma parcela significativa de pessoas não poderiam participar da edição.

 

UM LUGAR SILENCIOSO - PARTE II

 

O lançamento da continuação de "Um Lugar Silencioso", de John Krasinski, aconteceria no dia 19 de março. A nova data não foi anunciada.

 

VELOSOS E FURIOSOS 9

 

O nono filme de "Velosos e Furiosos" seria lançado em maio de 2020, mas teve a estreia adiada para abril do próximo ano na América do Norte. O comunicado foi feito nesta quinta-feira (12) pelo perfil da franquia no Twitter. "A mudança vai permitir que a nossa família global experimente este novo capítulo unida. Nos vemos no ano que vem", escreveram os responsáveis.

 

PEDRO COELHO 2: O FUGITIVO

 

A animação "Pedro Coelho 2: O Fugitivo" teve o lançamento adiado pela Sony. O filme seria estreado em março, mas, agora, a nova data prevista é 7 de agosto.

 

MISSÃO IMPOSSÍVEL 7

 

O sétimo longa-metragem de "Missão Impossível" teve as gravações interrompidas. A equipe estava trabalhando em Veneza, na Itália, o país é o segundo mais afetado pelo novo coronavírus e já tem mais de 12 mil casos registrados.

 

007 SEM TEMPO - PARA MORRER

 

O novo filme da franquia de "007" tinha estreia prevista para abril deste ano, mas foi adiada para novembro, conforme anunciou a Universal no dia 4 de fevereiro. Segundo o site The Hollywood Reporter, o prejuízo da decisão será cerca de US$ 30 a 50 milhões [R$ 140.196 milhões a R$ 233.660 milhões].

 

LOUVRE

 

​O museu do Louvre, em Paris, na França, conhecido por ser anunciou nesta segunda-feira (9) que restringirá seu acesso a pessoas que tenham comprado o ingresso online ou tenham entrada gratuita, como menores de 18 anos, pessoas com deficiência e professores franceses.

 

MUSEU DO PRADO

 

O Museu do Prado, o maior da Espanha, fechou suas portas nesta quinta-feira (12).

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Internautas relatam granizo durante chuva; Urbes: “nenhuma ocorrência registrada”

Câmara realiza sessão extraordinária com reajuste de servidores e cartão alimentação

Dupla suspeita de executar homem a tiros no Cajuru é presa pela polícia

Experiência teatral online tem pré-estreia nesta sexta feira em São Paulo - veja a coluna de José Simões

Confira pagamentos e tributos adiados ou suspensos durante pandemia

CPI do “Falso Voluntariado” denuncia “obstrução” de investigações