Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Responsável por cachorro queimado vivo é multado em R$ 14,5 mil

Postado em: 22/08/2019

Compartilhe esta notícia:

Lívia Marra, FOLHAPRESS

A Prefeitura de Limeira (SP) multou em cerca de R$ 14,5 mil o responsável por queimar e provocar a morte de um cão da raça pit bull.

De acordo com a administração municipal, a notificação emitida na quarta-feira (21) foi fixada em 550 Ufesps (unidade fiscal do estado, que vale R$ 26,53 neste ano). O prazo para o pagamento ou para apresentação de defesa é de 20 dias.

O homem foi identificado na segunda (19), levado a uma delegacia e liberado após depoimento.

Ele confessou o crime e alegou que o cachorro estava doente, segundo a polícia. Antes, o cão também teria sido agredido.

O animal, de seis meses, foi resgatado na noite de sexta (16), enrolado em um cobertor, em chamas, em um terreno na cidade. Em meio a gritos e gemidos, pessoas que estavam na região levaram balde de água para pagar o fogo.

O cachorro, que ganhou nome de Titan, foi acolhido pela Alpa (Associação Limeirense de Proteção a Animais), hospitalizado, mas não resistiu e morreu na manhã de domingo (18).

De acordo com a prefeitura, laudo mostra que o cão apresentava sinais de queimadura por todo o corpo, principalmente na região da cabeça e da face. Tinha também grave lesão renal, e exame físico identificou que ele estava com sinais claros de muita dor. Além disso, o animal tinha mutilação anterior nas orelhas, que haviam sido cortadas -medida proibida para fins estéticos.

O caso ainda será avaliado pelo Ministério Público e, apesar da morte do animal, a legislação permite que o responsável responda em liberdade.

Maus-tratos é crime, mas a punição é considerada branda. O agressor, no entanto, dificilmente vai preso. Crimes com punições de até dois anos são considerados de menor potencial ofensivo, e a pena normalmente é convertida em prestação de serviço.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Desembargador manda soltar o ex-presidente Michel Temer no RJ

Decreto dá porte de armas a 20 diferentes categorias profissionais

Com reforma da Previdência e privatizações, Doria espera R$ 140 bi em investimentos em SP

Adolescente é liberado aos responsáveis ao ser flagrado com drogas na Vila Sabiá

Espetáculo ArtEfeito em cartaz em duas sessões neste domingo no Barracão Cultural

Feriado de 1º de janeiro altera funcionamento dos serviços públicos