Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Rejeitado projeto que mudava a forma do servidor municipal receber licença-prêmio

Postado em: 27/09/2018

Compartilhe esta notícia:

Por Cida Muniz

Os vereadores, durante as sessões extraordinárias da Câmara Municipal de Sorocaba, rejeitam por 19 votos a zero, após a muita discussão, o projeto do Executivo que mudava a forma de pagamento da licença-prêmio para os servidores públicos municipais.

A galeria da Câmara ficou lotada de servidores de todas as áreas que pediam a rejeição do projeto. O vereador Irineu Toledo (PRB), líder do governo Crespo, ocupou a tribuna e teve dificuldade para discursar, em razão do protesto dos servidores.

width=1040
Fotos: Cida Muniz

A população que estava na galeria chegou a virar as costas para a tribuna quando o vereador Irineu discursava. Ele chegou a dizer que era a favor da licença-prêmio, desde que o funcionário gozasse em descanso. Nesse ponto ele foi vaiado. O republicano destacou que não era a favor do projeto, porque os que trabalham de forma correta seriam prejudicados.

Um dos principais pontos que o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais era contra a esse projeto, inclusive com o presidente da entidade Salatiel Hergesel, é que se o servidor faltar um dia além das faltas abonadas, perderá a licença prêmio.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Duas pessoas morrem e outras 12 ficam feridas em queda de avião em SP

Crespo sobre viagem: “crueldade com assunto íntimo exposto publicamente”

Câmara vota 3 pedidos de comissão processante nesta quinta-feira

Contra usina nuclear, índios buscam até o papa

Consumir bebida alcoólica em doses controladas pode proteger coração

Projetos são retirados de pauta durante a sessão da Câmara desta 3ª feira