Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Projeto que cria 5 cargos no Saae não foi votado em razão de emenda apresentada

Postado em: 30/10/2018

Compartilhe esta notícia:

Cida Muniz

O projeto do Executivo que cria cinco cargos em comissão de Coordenador Especial no Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) para comissionados, não foi votado na sessão desta terça-feira da Câmara Municipal de Sorocaba, em razão da apresentação de uma emenda.

Após muita discussão, o projeto recebeu uma emenda para que os cargos sejam ocupados por comissionados. A questão é que foram extintos nove cargos no Saae, sendo 5 de nível superior e 4 de nível médio.

Os vereadores da oposição questionaram o motivo de agora o Saae precisar de mais cargos de coordenadores, o que não seria necessário. O vereador José Francisco Martinez (PSDB), que presidia a sessão, chegou a pedir para o projeto ser retirado, visando que o Ministério Público fosse consultado se os cargos estão dentro da legalidade.

O vereador Anselmo Neto (PSDB), destacou que somente o líder do governo, vereador Irineu Toledo (PRB), poderia pedir a retirada do projeto, de acordo com o regimento.

Segundo a assessoria de imprensa da Câmara, o impacto financeiro da criação desses cargos, neste ano de 2018, será de R$ 429.045,16. Para o próximo ano, o impacto será de R$ 883.833,04 e, para 2020, será de R$ 928.024,69.

O vereador Irineu pediu que o diretor do Saae, Ronald Pereira da Silva, ocupasse a tribuna para explicar o projeto, o que de início não foi aceito. Posteriormente ele tentou explicar a importância da criação dos cargos para o bom funcionamento da autarquia.

Não foi informado qual a economia está acontecendo com a extinção dos outros nove cargos. O vereador Francisco França (PT) afirmou que a emenda foi apresentada em razão da “arrogância” de alguns vereadores ao defenderem o projeto.

O diretor do Saae iria conceder entrevista à reportagem, mas saiu sem dar explicações e um assessor de Ronald informou, posteriormente, que ele foi chamado ao Paço Municipal, portanto não concedeu entrevista ao Sistema Ipanema de Comunicação.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Casal de jovens morre após sofrer acidente de moto em Sorocaba

Prefeitura volta a atrasar repasses à administração da UPA do Éden e UPH da ZL

MP vai investigar ‘pedaladas fiscais’ de Crespo em 2017; Câmara pode abrir nova investigação

Bolsonaro troca liderança da Câmara e coloca deputado do centrão

Sindicato vai pedir a cassação de vereador que ofendeu professores em rede social

Professor que morreu após acidente de moto será sepultado nesta 4ª