Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Programação especial celebra Dia da Consciência Negra em Sorocaba; confira as atividades

Foto: Emerson Ferraz/Secom/Arquivo
Postado em: 19/11/2019

Compartilhe esta notícia:

Comemorado no Brasil em 20 de novembro, o Dia da Consciência Negra é uma alusão à morte de Zumbi dos Palmares, um dos principais líderes em favor da libertação dos escravos, em 1695. Com o objetivo de propor uma reflexão sobre o combate ao preconceito e à discriminação racial, a Prefeitura de Sorocaba, por meio das Secretarias da Cidadania e Participação Popular (Secid) e da Cultura (Secult), organiza uma série de atividades que busca valorizar as raízes culturais e históricas afrobrasileiras. Das 9h às 22h, a programação prevê um ato ecumênico, uma marcha pelas ruas do Centro e a já tradicional Feira Crespa, na Praça Frei Baraúna.

O Dia da Consciência Negra é considerado feriado municipal em razão da Lei n.º 8.120/2007. As celebrações terão início às 9h, por um ato ecumênico na Capela do Bom Jesus do Bonfim da Água Vermelha – conhecida popularmente como a “Igreja de João de Camargo” – situada na Avenida Barão de Tatuí, 1.083, Jardim Paulistano. Considerada patrimônio histórico, cultural e turístico sorocabano, a igreja foi construída a partir de 1910 sob a liderança de João de Camargo (1858-1942), ex-escravo e líder espiritual conhecido nacionalmente pelo sincretismo religioso.

A partir das 13h, o templo será o ponto de partida para a Marcha Zumbi & Dandara. Visando propor uma reflexão sobre o combate à discriminação, o racismo e a inserção social da população negra, a passeata homenageia os líderes do Quilombo do Palmares, localizado em Alagoas e considerado símbolo brasileiro de resistência à escravidão no século 17. Com apoio da Guarda Civil Municipal e agentes de trânsito da Urbes e da Polícia Militar, o trajeto sairá da Barão de Tatuí, atravessará a Rua Moreira César e percorrerá a Rua Cesário Mota, com destino à Praça Frei Baraúna.

Feira Crespa

A edição 2019 da Feira Crespa, organizada pela Secid e pela Secult, levará à Praça Baraúna, no Centro, das 13h30 às 22h, produtos artesanais, comidas típicas, apresentações artísticas e atrações variadas referentes à cultura africana e afrobrasileira. Instituída pela Lei n.º 11.270/2016, a Feira faz parte do calendário oficial de eventos do município. Para a coordenadora de Desenvolvimento Social da Igualdade Racial da Secid, Joana Almeida, a programação é uma oportunidade para “valorização da cultura afrodescendente e de dar visibilidade aos empreendedores, artesãos e artistas de Sorocaba e região”.

Ao longo do dia, a programação artística prevê as seguintes atrações: DJ Preto (13h30); Conexão Zero 15 (14h30); Banda Feira Crespa Sorocaba, formada por Ananda Jaques, Joéssica Borges, Júlia Valentim, Renata Rocha e Danny Koritiaky (15h30); Ponto 3 Samba Rock (16h30); Zumbalanço (17h30); Maracatu Mukumby (18h30); Coletivo Samba Sorocaba (19h30); Coletivo Rap Preto, com X da Questão, MR Brow, Puppa Kanda, Puro Osso Sarjeta e MC Aprile (20h30); e o encerramento com o grupo Firma o Ponto Samba de Terreiro (21h30).

A programação do Dia da Consciência Negra conta com apoio do Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de Sorocaba (CMPDCNS), instituições e entidades da sociedade civil.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

SP registra 6.045 mortes e 80,5 mil casos do novo coronavírus

Guarda Municipal detém três pessoas com drogas na rodoviária de Sorocaba

Em balanço de 30 dias, Jaqueline destaca falta de dinheiro e fala sobre redução

Jovem de 22 anos que invadiu residência e estuprou vítima é preso por equipe da DDM

Polícia resgata 20 cães vítimas de maus-tratos e multa mulher em R$ 60 mil

Relator admite excluir estados e municípios de reforma da Previdência