Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Programação especial celebra Dia da Consciência Negra em Sorocaba; confira as atividades

Foto: Emerson Ferraz/Secom/Arquivo
Postado em: 19/11/2019

Compartilhe esta notícia:

Comemorado no Brasil em 20 de novembro, o Dia da Consciência Negra é uma alusão à morte de Zumbi dos Palmares, um dos principais líderes em favor da libertação dos escravos, em 1695. Com o objetivo de propor uma reflexão sobre o combate ao preconceito e à discriminação racial, a Prefeitura de Sorocaba, por meio das Secretarias da Cidadania e Participação Popular (Secid) e da Cultura (Secult), organiza uma série de atividades que busca valorizar as raízes culturais e históricas afrobrasileiras. Das 9h às 22h, a programação prevê um ato ecumênico, uma marcha pelas ruas do Centro e a já tradicional Feira Crespa, na Praça Frei Baraúna.

O Dia da Consciência Negra é considerado feriado municipal em razão da Lei n.º 8.120/2007. As celebrações terão início às 9h, por um ato ecumênico na Capela do Bom Jesus do Bonfim da Água Vermelha – conhecida popularmente como a “Igreja de João de Camargo” – situada na Avenida Barão de Tatuí, 1.083, Jardim Paulistano. Considerada patrimônio histórico, cultural e turístico sorocabano, a igreja foi construída a partir de 1910 sob a liderança de João de Camargo (1858-1942), ex-escravo e líder espiritual conhecido nacionalmente pelo sincretismo religioso.

A partir das 13h, o templo será o ponto de partida para a Marcha Zumbi & Dandara. Visando propor uma reflexão sobre o combate à discriminação, o racismo e a inserção social da população negra, a passeata homenageia os líderes do Quilombo do Palmares, localizado em Alagoas e considerado símbolo brasileiro de resistência à escravidão no século 17. Com apoio da Guarda Civil Municipal e agentes de trânsito da Urbes e da Polícia Militar, o trajeto sairá da Barão de Tatuí, atravessará a Rua Moreira César e percorrerá a Rua Cesário Mota, com destino à Praça Frei Baraúna.

Feira Crespa

A edição 2019 da Feira Crespa, organizada pela Secid e pela Secult, levará à Praça Baraúna, no Centro, das 13h30 às 22h, produtos artesanais, comidas típicas, apresentações artísticas e atrações variadas referentes à cultura africana e afrobrasileira. Instituída pela Lei n.º 11.270/2016, a Feira faz parte do calendário oficial de eventos do município. Para a coordenadora de Desenvolvimento Social da Igualdade Racial da Secid, Joana Almeida, a programação é uma oportunidade para “valorização da cultura afrodescendente e de dar visibilidade aos empreendedores, artesãos e artistas de Sorocaba e região”.

Ao longo do dia, a programação artística prevê as seguintes atrações: DJ Preto (13h30); Conexão Zero 15 (14h30); Banda Feira Crespa Sorocaba, formada por Ananda Jaques, Joéssica Borges, Júlia Valentim, Renata Rocha e Danny Koritiaky (15h30); Ponto 3 Samba Rock (16h30); Zumbalanço (17h30); Maracatu Mukumby (18h30); Coletivo Samba Sorocaba (19h30); Coletivo Rap Preto, com X da Questão, MR Brow, Puppa Kanda, Puro Osso Sarjeta e MC Aprile (20h30); e o encerramento com o grupo Firma o Ponto Samba de Terreiro (21h30).

A programação do Dia da Consciência Negra conta com apoio do Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de Sorocaba (CMPDCNS), instituições e entidades da sociedade civil.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mega-Sena acumula e vai pagar R$ 34 milhões na 4ªfeira

Homem é preso após descumprir medida protetiva e ameaçar ex-companheira de morte

Nova versão do Mais Médicos terá bônus por desempenho

Com apoio de patrocinador, apresentador do Olho Vivo ‘levanta do caixão’

Bolsonaro anuncia fim do horário de verão no Brasil a partir de 2019

Fernando Haddad precisou reatar com o PT para assumir candidatura de Lula