Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Procon dá dicas aos consumidores por conta da Black Friday

Agência Brasil
Postado em: 16/11/2019

Compartilhe esta notícia:

A Black Friday, em sua décima edição brasileira, traz significativas promoções antecedendo ao natal. O movimento, que acontece entre os dias 28 e 29 de novembro, é responsável por alavancar as vendas do comércio em todo o país.

Pensando nisso, o Procon Sorocaba faz algumas recomendações aos consumidores no que diz respeito à segurança na hora de efetuar as compras nos dias de promoções. A intenção é colaborar para que a alegria do momento na hora de se adquirir um bem, não se transforme numa armadilha.

De acordo com o superintendente do órgão, Carlos Rocco, os consumidores devem ficar atentos às ofertas mirabolantes e desconfiar de anúncios enviados por mensagens eletrônicas, links e até de redes sociais.

Algumas dicas para a data são:

Planejamento para as compras – Muitos consumidores vão as compras sem ter feito um planejamento prévio e sem saber o quanto podem ou devem gastar sem ficar endividados. Por este motivo é recomendado que se faça uma lista com os produtos desejados, estipulando um limite de gastos para não estourar o orçamento.

Acompanhar as mudanças dos preços e produtos – As ofertas, muitas vezes, mudam de preço quando a fase de promoções se aproxima. Por esse motivo é recomendado que o consumidor acompanhe as mudanças nos preços do produto que deseja adquirir, para que, assim, se possa identificar as melhores ofertas e conferir os melhores descontos, sempre com confiança no local onde a compra será efetuada.

Verificar se o site é nacional – Compras em sites internacionais estão sujeitas a outros custos e encargos que nem sempre são informados de forma clara e precisa. Com isso, é sempre necessário verificar se o site da compra termina com “.com.br”, para uma melhor segurança do consumidor. Além disso, o Código de Defesa do Consumidor não se aplica aos sites que não tiverem representantes no Brasil.

Verificar a reputação dos fornecedores – É sempre adequado que o consumidor verifique o lugar onde ele está efetuando a sua compra, pois, na época de promoções é ainda mais propício a encontrar fornecedores mal intencionados, por esse motivo, a Fundação Procon – SP, em seu site, mantém o ranking das empresas mais reclamadas.

Ficar atento ao prazo de entrega – Nem sempre os prazos são curtos, para isso é sempre bom verificar o prazo no ato da compra, principalmente se a compra se tratar de presentes para o Natal. Caso o tempo estipulado para entrega não seja obedecido, o consumidor pode registrar uma reclamação no site www.consumidor.gov.br, ou pessoalmente junto a uma das unidades do Procon Sorocaba, onde, após as tratativas processuais, poderá autuar a empresa.

Prazo de arrependimento – Em casos de compras feitas fora do estabelecimento comercial, ou seja, pela internet, telefone ou a domicílio, o consumidor tem o total de sete dias a partir da compra/entrega, para cancelar a aquisição, devolver o produto e pedir a devolução do valor pago. Mas é importante verificar antecipadamente a política de troca do fornecedor.

Consultar lista de sites não recomendados – A lista é veiculada no site da Fundação Procon- SP e nela está uma lista dos endereços que devem ser evitados, pois contiveram reclamações de consumidores registrados junto ao Procon, ou foram notificados e não responderam e/ou não foram encontrados.

Efetuar a compra sempre na página oficial da loja – O consumidor deve ficar atento às ofertas mirabolantes, desconfiar de anúncios enviados por mensagens eletrônicas, links e até de redes sociais. Sempre deve consultar a página oficial da loja, o vendedor, CNPJ/CPF, endereços físicos e eletrônicos, formas de contato e localização.

Salvar as informações da compra – Para segurança do consumidor é sempre necessário salvar ou imprimir todas as telas navegadas para efetuar a compra, as folhas de contratação, em especial as que mostram o preço, forma de pagamento, características do produto e previsão de data para entrega, além de exigir a nota fiscal, que é o principal documento em caso de reclamação.

As reclamações ou denúncias podem ser registradas pelo aplicativo do Procon Sorocaba, pelos sites http://procon.sorocaba.sp.gov.br / ou http://www.sorocaba.sp.gov.br/atendimento/#/Home/Solicitacao , pessoalmente na sede do Procon Sorocaba, na Av. Antonio Carlos Comitre, 331, Campolim, das 08h às 17h, de segunda a sexta-feira, nas Casas do Cidadão da Av. Ipanema, 3.439 e rua Cel. Nogueira Padilha nº 1.460, com atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30, e também na Casa do Cidadão do Paço Municipal, apenas às segundas-feiras. O consumidor também pode usar o telefone 151, que é um canal exclusivo para denúncias.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Motorista de aplicativo é agredido e colocado em porta-malas durante roubo

Câmara aprova MP que amplia para R$ 998 valor de saque do FGTS

Pagamento da cota do PIS começa a ser feito nesta segunda-feira

Condenada por matar os pais, Suzane Richtofen deixa prisão para o Dia das Mães

Cuidados com os animais durante o inverno

Mulher que acusa Neymar não citou camisinha em 1º depoimento