Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Prefeitura lança ‘Plano Verão’ de Sorocaba para minimizar estragos das chuvas

Postado em: 30/11/2018

Compartilhe esta notícia:

Com o objetivo de minimizar os desastres durante o período de maior incidência de chuvas na cidade, reduzindo danos materiais e, principalmente, preservando vidas, a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Segurança e Defesa Civil (Sedesc), lançou nesta sexta-feira (30) o Plano Verão 2018/2019. O evento ocorreu no Salão de Vidro do Paço Municipal, no Alto da Boa Vista.

“A Defesa Civil tem feito um trabalho brilhante. Agradeço essa equipe que atua 24 horas por dia. Reduzimos drasticamente o número de atendimentos e isso significa que estamos fazendo a prevenção numa ação que envolve o poder público, a iniciativa privada, a Defesa Civil e a população. Esses números é reflexo da sinergia de todos”, destacou o secretário de Segurança e Defesa Civil, Jefferson Gonzaga. O Plano Verão 2016/2017 atendeu 986 ocorrências. Já em 2017/2018, foram atendidas 204 ocorrências.

width=3936
Foto: Fernando Abreu/Agência Sorocaba

O Plano Verão ocorre entre 1º de dezembro e 31 de março e conta com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), 14º CSM, Tiro de Guerra, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz), Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), Nudecs (Núcleos Comunitários de Defesa Civil), Jeep Clube e outros parceiros.

O chefe de Gabinete do Poder Executivo, Alexandre Robim, representou o prefeito José Crespo no lançamento do Plano Verão e enfatizou a importância da integração das várias forças do município: “o prefeito tem um grande orgulho de estar à frente deste time”. Ele também falou do rompimento do trecho da adutora, localizado às margens da rodovia Votorantim-Piedade, no início de 2017, e o trabalho importante da Defesa Civil de Sorocaba. “A Defesa Civil esteve lá para dar toda a assistência necessária e conseguimos minimizar os problemas em tempo recorde”, relembrou.

Robim também destacou o número de pessoas que já foram transferidas de área de risco da cidade no governo do prefeito José Crespo. “Conseguimos transferir 350 pessoas que hoje têm uma moradia digna. Hoje temos total controle das áreas de risco da cidade”, concluiu.

O major do 15º Grupamento de Bombeiros, Elias Souza, coordenador regional de Defesa Civil, destacou o excelente trabalho realizado pela Nudecs e pela Defesa Civil de Sorocaba. “A cidade é um exemplo para todos os municípios da região”, declarou. A regional atende 47 municípios.

Usina de Itupararanga

Quem também participou do lançamento foi o gerente de Usinas do Complexo Sorocaba, Dejair Silva de Lima, da Votorantim Energia. “É uma oportunidade única estar aqui com vocês e apresentar a operação da nossa usina e a forma que podemos contribuir, ajudando na central de cheias e enchentes. Temos uma proximidade muito grande com a Defesa Civil e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto”, declarou ele.

Lima apresentou como funciona a Usina Hidrelétrica de Itupararanga e falou dos mitos que envolvem a represa, como a possibilidade de rompimento da barragem. Inaugurada em 1914, a usina possui uma barragem que forma um espelho d’água de 33 km², com o represamento do rio Sorocaba. A produção anual da usina Itupararanga é de 150.000 MWh (milhões de quilowatts/hora) e a capacidade instalada total é de 55 MW.

As instalações da usina são monitoradas com vistorias constantes do corpo técnico e realizadas inspeções periódicas por empresas especializadas e pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Plano Verão

Para encerrar, o coordenador geral e presidente da Comdec (Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil), Davi Dutra, explicou ao público o que é o plano verão da Defesa Civil, falou das áreas de risco e do plano de contingência.

A previsão climática informada pelo Somar Meteorologia indica volume de chuva dentro da média para dezembro, com chuvas mais distribuídas e acumulados mais significativos. Em 2019, apesar da persistência do padrão chuvoso, o volume esperado é mais próximo da média, podendo ser ligeiramente abaixo em janeiro, com alguns episódios de tempestades severas na segunda quinzena do mês.

Já para fevereiro e março, a tendência é que a chuva fique acima da média, com episódios distribuídos ao longo desses meses. Isso significa que teremos mais dias com formação de pancadas isoladas de chuva que possuem intensidade forte e de curta duração.

width=3936
Foto: Fernando Abreu/Agência Sorocaba

A comunicação de qualquer cidadão em caso de ocorrência deve ser feita através de telefones emergenciais: 199 (Defesa Civil), 193 (Corpo de Bombeiros), 190 (Polícia Militar), todos com plantão 24 horas. Ao acionar, as equipes de mobilizarão e adotarão as providências técnicas e administrativa necessárias ao atendimento da emergência.

Estiveram presentes no evento os secretários Luis Alberto Fioravante (Mobilidade e Acessibilidade), Cíntia de Almeida (Igualdade e Assistência Social), Osmar Thibes (Recursos Humanos), o comandante da Guarda Civil Municipal (GCM), Marcos Mariano, a Ouvidora Geral do Município, Liliana de Jesus, e o Corregedor Geral do Município, Carlos Alberto de Lima Rocco Junior, além de representantes dos Nudecs, CPFL, Jeep Clube, Polícia Militar, Urbes – Trânsito e Transportes e Serviço Autônomo de Água e Esgoto.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Ex-funcionário do Saae que prestou serviço à vice-prefeita vai depor na Câmara

Carreta dobra na marginal da Raposo e gera lentidão no tráfego de veículos

Câmara rejeita projeto de Crespo que doava área de Hospital para servir de garagem

Votorantim segue nesta quinta-feira com a vacinação contra a gripe

A saga dos Asseitunos

Jaqueline vai à justiça para abrir salões e barbearias; veja como comércio vai funcionar