Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Prefeitura gasta R$ 13 mil e expõe ‘obras de arte’ grafitadas em caminhões de lixo

Postado em: 20/03/2019

Compartilhe esta notícia:

Com o objetivo de mostrar à população os cinco caminhões de lixo da empresa CSA (Consórcio Sorocaba Ambiental) que foram grafitados por artistas da cidade, a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), vai dar início à exposição itinerante desses veículos. O primeiro local que receberá a mostra será o Parque “Carlos Alberto de Souza”, no Campolim, no dia 7 de abril, das 10h às 14h.

width=1152

 

“O nosso objetivo é dar uma visibilidade ainda maior aos trabalhos realizados pelos 10 artistas que participaram desse projeto”, explica o secretário da Cultura, Werinton Kermes. A ideia é que outros espaços com uma grande circulação de pessoas sejam contemplados com a exposição.

width=3936

O projeto de grafite nos caminhões de lixo foi realizado de novembro de 2018 a fevereiro deste ano e teve como objetivo valorizar a arte urbana e deixar os veículos com o visual mais bonito e moderno. A arte do grafite está ligada aos grandes manifestos como uma forma de expressão da humanidade. Para isso, o Governo Municipal investiu R$ 2.600,00 em cada obra, valor que inclui o material utilizado. A verba do projeto é oriunda de emendas do vereador Péricles Régis.

Os artistas grafitaram suas obras em painéis com tamanho de 2,30m x 1,80m e a temática era livre. Os participantes foram: Francisco Channes, Clau Arts, Felipe Bueno, Gustavo Reis, Marco Aurélio, Danny Koritiake, Will Ferreira, Michel Japs, Danilo Reck e Rafael Furlan. Desde então, os cinco caminhões circulam por todas as regiões cidade em esquema de rodízio e podem ser visto pela população.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

FGTS terá saque anual de contas ativas e inativas ‘para sempre’, diz Guedes

Taça Cidade de Sorocaba vai começar em setembro e terá troféu transitório para campeões

Hélio Brasileiro recebe título de Cidadão Sorocabano

Ministro Alexandre de Moraes pede quebra de sigilo bancário de dez deputados e um senador

Assessorias a vítimas da lama de Samarco e Vale não saem do papel

Alvorada vira balcão de pedidos de claque e irrita Bolsonaro