Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Prefeita realiza primeira reunião de secretariado para balanço dos cinco primeiros meses de governo

Postado em: 27/12/2019

Compartilhe esta notícia:

A prefeita Jaqueline Coutinho realizou na tarde de quinta-feira (26) a primeira reunião envolvendo todo o seu secretariado, após assumir o cargo, no início de agosto. O objetivo foi realizar uma avaliação conjunta das ações realizadas em cada área da administração ao longo dos primeiros cinco meses de governo.

Durante a reunião, que durou cerca de quatro horas, a prefeita fez um balanço da situação econômica da administração destacando que a preocupação e as ações para a retomada do equilíbrio da situação financeira da Prefeitura foi uma das prioridades tão logo assumiu a administração, no início do mês de agosto deste ano, diante de um déficit herdado da ordem de R$ 95 milhões naquela ocasião. Lembrou que solicitou à sua equipe a readequação à realidade financeira do município de modo a causar o menor impacto no serviço oferecido à população. Realizou auditorias em contratos, e cortou gastos considerados desnecessários.

Destacou que graças às ações de austeridade e comprometimento de sua equipe, assim como dos servidores públicos, a administração deverá iniciar o ano com um superávit de mais de R$ 8 milhões nos cofres públicos.

Ainda durante a reunião, cada secretário também apresentou um balanço das ações e atividades desenvolvidas em suas respectivas pastas, assim como propostas e projetos que deverão ser implementados para o próximo ano.

A prefeita reiterou ainda que as portas de seu gabinete estarão sempre abertas e deverá manter agendas constantes com os secretários para alinhamento do trabalho, preservando os limites da moralidade, transparência e da legalidade.  “O que deve sempre prevalecer é o espírito de colaboração, de transparência, moralidade e austeridade para que possamos avanças ainda mais em prol da população”, disse.

A chefe do Executivo também informou sua equipe que deverá se afastar do governo por um período de dez dias, entre os dias 3 e 12 de janeiro, retornando no dia 13. Ela disse que transmitirá o cargo ao presidente da Câmara, Fernando Dini, mesmo não sendo obrigada, já que a legislação determina que a transmissão se dê a partir de 15 dias de afastamento.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Pré-candidato a prefeito, Raul Marcelo diz: "podemos captar bons projetos para Sorocaba"

Sorocaba bate recorde e registra 219 novos casos confirmados de coronavirus

“Bloco dos cones” viraliza após chuva de domingo; Defesa Civil atende ocorrências

Vendedor tem mercadorias apreendidas pela equipe da fiscalização da Prefeitura

“Imagem muito ruim para a cidade”, Lippi sobre Crespo ser alvo da polícia

Câmara devolve quase R$ 7 milhões à Prefeitura; ao todo, Legislativo atinge marca superior a R$ 9 mi