Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Pré-candidato a prefeito, Anselmo Neto promete diminuir número de secretarias municipais

Foto: reprodução
Postado em: 04/08/2020

Compartilhe esta notícia:

A Jovem Pan Sorocaba iniciou, nesta terça-feira (4), uma série de entrevistas com os pré-candidatos a prefeito de Sorocaba. 

 

O primeiro entrevistado é o atual vereador Anselmo Neto (Podemos). 

 

Anselmo respondeu a perguntas e apresentou propostas durante a entrevista de 20 minutos, mediada pelo apresentador do Jornal da Manhã, José Roberto Ercolin. 

 

Confira abaixo a transcrição da entrevista 

 

José Roberto Ercolin: qual o principal desafio do próximo prefeito eleito?

 

Anselmo: o principal desafio é você ter uma equipe montada, com secretariado que seja técnico e saiba navegar na esfera política ao mesmo tempo. Nós temos uma grande dificuldade, porque o chefe do Executivo não é gestor único, solitário. Ele tem que manter uma equipe bem preparada e, para o próximo mandato, ano que vem, teremos uma questão política e financeira mais agravada por causa da covid-19, onde teremos de ter muita criatividade e empenho com participação da iniciativa privada. Para isso, precisamos ter um time de secretários e secretárias que saibam transitar pela iniciativa e Poder Público.  

 

Ercolin: como você se prepara para as eleições com uso das redes sociais e em meio à pandemia do novo coronavírus? 

 

Anselmo: quando falamos que essa pandemia veio para transformar nossa vida, é em todas as esferas, inclusive na sociopolítica. Nós teremos novas modalidades de campanha, com certeza pelas redes sociais. Uma das [eleições] mais importantes a serem realizadas e estamos aguardando como será feito esse processo eleitoral. Sempre temos o contato corpo a corpo com eleitor nas ruas. É isso que estamos aguardando. 

Tenho me preparado através dos estudos que estamos fazendo da questão da prefeitura, como agir, como trabalhar lá dentro com esse grande número de secretarias que deverão ser diminuídas, para que a estrutura do Executivo Municipal seja mais enxuta, mais transparente e possa voltar de forma mais ágil a atender o cidadão ou cidadã de Sorocaba. 

 

Ercolin: quantas secretarias municipais há hoje em Sorocaba?


 
Anselmo: hoje nós temos 23. Nós temos que diminuir aí entre 15 e 16 secretarias. Hoje nós temos uma autarquia que é o Saae, a empresa pública que é a Urbes, e secretarias que cuidam de assuntos relacionados a essas empresas públicas e autarquias inerentes à prefeitura. 

Temos que fazer com que volte a ter agilidade. Se você quiser fazer manutenção em uma escola municipal, a Secretaria de Educação pede para a Secretaria de Obras, que tem que fazer o pedido para a Seplan, que faz o projeto, que envia para Finanças e, depois de tudo pronto, tem que enviar para o Jurídico dar o ´OK´. Então, são várias secretarias trabalhando sempre no mesmo assunto. Isso faz com que o serviço público seja lento e demorado. Temos que agilizar a prefeitura, tornar a prefeitura finalmente 4.0 fazendo com que essa nova vida pós-covid também entre na esfera administrativa.

 

Ercolin: você é um dos parlamentares que tem aceitação grande. Praticamente sua reeleição a vereador estaria garantida, fato que não ocorre com candidatura a prefeito. Por que você arrisca seu nome com candidatura a prefeito?

 

Anselmo: após três mandatos, tomei posse em 2009, estou há 12 anos no Legislativo. Pude entender como funciona a Casa Legislativa, pude entender também como funciona a estrutura do Executivo sorocabano. Acredito que as coisas acontecem realmente, as decisões são do Executivo. 

Temos três grupos de parlamentares: os grupos da oposição, que o tempo todo batem no chefe do Executivo, falam o que a população precisa e gosta de ouvir, são as verdades, e não conseguem nada do chefe do Executivo. O grupo da base de sustentação do governo, que são aqueles que votam tudo como o Executivo quer e conseguem tudo o que pedem, para fazer asfalto, bico de luz, essas coisas. E temos vereadores como eu, chamados de independentes, que votam de acordo com o que acham correto. Após 12 anos sendo independente, me dispus a fazer parte do Executivo. Estarei no Executivo em 2021, não sei se como prefeito ou vice-prefeito. Mas quero participar do Executivo de Sorocaba, onde as mudanças realmente ocorrem. O Legislativo funciona para fiscalizar o Executivo e fazer projetos de lei. Infelizmente, de acordo com nossa cultura política, as pessoas acham que o Legislativo faz. Então, começam campanhas falando ´vou ser vereador, vou construir escola, hospital´. Não vai fazer. O vereador não faz. Ele fiscaliza porque fez ou não fez. E eu quero estar na parte do Executivo, porque me sinto preparado para isso após 12 anos nessa Casa. 

 

Ercolin: você basicamente foi eleito com apoio da igreja católica. Você acha isso suficiente como base de apoio para tiro de partida para candidato a prefeito em Sorocaba? 

 

Anselmo: fui eleito vereador com uma base de sustentação no movimento da Renovação Carismática Católica. Mas há diferenças entre eleição para o Legislativo e Executivo. Posso ter sido vereador pela Renovação Carismática, mas não serei prefeito eleito pela Renovação. O prefeito não tem base de apoio. Ele governa para toda a cidade e todos os segmentos. Nós podemos ter vereadores com bandeiras diferentes: um sindicalista, um com bandeira dos animais, um de igreja, um pastor. O chefe do Executivo tem de ser eleito pela maioria da população que acredite na sua vida, seu passado e naquilo que ele possa oferecer para o futuro da cidade. Nesse sentido fico muito tranquilo. Claro que tenho o apoio de muitas pessoas católicas, mas não tenho apoio da igreja católica. A Igreja Católica Apostólica Romana não apoia nenhum candidato ou candidata na política. Arcebispos, padres, não podem se manifestar publicamente apoiando ninguém. Agora, nossa doutrina social católica nos pede que cristãos católicos ocupem seu lugar na sociedade e desenvolvam o que aprenderam. Nós temos muitas pessoas que vêm na Câmara e pregam o evangelho, mas não dão testemunho daquilo que pregam. O Executivo e Legislativo não são lugar de pregação. A pregação faço na igreja. No Executivo e Legislativo eu testemunho o que recebi de pregação que me foi dada. Vamos governar para católicos, evangélicos, espíritas, umbandistas, ateus. O Executivo tem de estar à disposição do cidadão. 

 

Ercolin: Anselmo, você tem dinheiro para levar o Avante a essa sua campanha? 

 

Anselmo: duas coisas que você falou e não posso responder. Primeiro, o dinheiro e Avante é outro partido, certo, Ercolin? (Risadas). Avante é do professor Flaviano [Lima]. 

O nosso partido, o Podemos, está estudando. Temos cerca de 220 pré-candidatos a prefeitos e prefeitas. Então, essa é uma questão que está sendo muito bem estudada pelo partido. Eu, Anselmo Neto, não tenho dinheiro para fazer campanha. Estou há 12 anos no Legislativo, tenho minha casa, que já tinha antes. Troquei de carro e acabarei de pagar meu Ônix agora em dezembro, quando acabar meu mandato. Não tenho dinheiro para fazer campanha, para passar para outras pessoas. Tenho a consciência tranquila, pobre consciência nesse sentido financeiro, mas tranquila. Dependo do que o partido vai definir.

 

Ercolin: o Podemos te promete estrutura, grana para você levar adiante a candidatura? 

 

Anselmo: o Podemos está sendo transparente conosco e está analisando essas 220 pré-candidaturas a prefeito no Estado de São Paulo. Claro, o partido não terá disponibilidade financeira para todas essas pré-candidaturas. Estão analisando caso a caso e, somente nas convenções que começam dia 31 de agosto e finalizam em 15 de setembro, que isso será definido quem realmente vai sair. O que ouvi do partido foi isso, Ercolin: ´Anselmo, se você quiser assumir pré-candidatura a prefeito de Sorocaba sem contar com o partido, nós te apoiamos´.  E eu falei: ´como eu vou assumir essa pré-candidatura sem apoio financeiro?´ Eu não quero fazer apoio com o empresariado. Se não, seguiríamos com a velha política, empresas colaboram com a campanha em troca de possíveis acordos pós-campanha. A ordem que tenho do partido é ´até a convenção, siga como pré-candidato a prefeito´.

 

Ercolin: tem gente trabalhando para você nas mídias sociais? 

 

Anselmo: Tenho uma jornalista, minha assessora, ela faz esse trabalho. É claro, não temos robôs e nem fakes, posts fakes trabalhando para a gente. Pretendo trabalhar as mídias sociais da forma correta, mas ética possível, como sempre trabalhei em todas as áreas da minha vida. Mesmo que eu tivesse dinheiro, não contrataria pessoas para criar fakes nas redes sociais como se fossem pessoas verdadeiras. Infelizmente isso existe, está aí e não tem como lutarmos contra, mas a população vai saber discernir. A população sabe das coisas e sabe o que é mentira. Seguimos fazendo nosso trabalho, que é de formiguinha perto de outros candidatos que têm muito aporte de dinheiro para a campanha. Mas se é um trabalho que nós acreditamos. Se é um trabalho que acredito, certo, eu vou em frente. 

 

Ercolin: caso candidato, por que o eleitor deve votar em você?

 

Anselmo: O eleitor que vá votar em qualquer candidato deve votar consciente analisando a vida passada, o trabalho que foi desenvolvido, o presente e a condição de futuro que o candidato trará a esse eleitor. Em meu caso, quem quiser votar em Anselmo Neto, pode fazer essa análise completa para saber qual nosso plano e intenção. Precisamos que Sorocaba volte a crescer, seja apaziguada politicamente, pessoas que estejam à frente da nossa cidade com equilíbrio, que parem com essa guerra de vaidade de destruir outros. Precisamos de diálogos, de pontes entre todos os setores de nossa cidade. Por isso que o eleitor ou eleitora que quiser votar no pré-candidato a prefeito Anselmo Neto terá essa condição de analisar de passado, presente e o que se esperar para o futuro.   

    
           

Assista a partir de 1h12m00 nesse link - https://www.facebook.com/portalipaonline/videos/4271626636244688/

 

 

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Prefeitura encerra atendimentos nesta sexta-feira por ponto facultativo de Natal dos servidores

Moradores plantam bananeiras nas ruas do Parque São Bento em protesto aos buracos

Medo de desemprego diminuiu em dezembro, afirma CNI

Procon divulga calendário de atendimento ao público

Mais um novo caso da Covid-19 é confirmado neste domingo em Sorocaba; total chega a 36

Saae oferece dois novos serviços on-line aos munícipes