Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Polícia e Guarda Municipal anunciam ‘Operação Eleição’ para domingo (7)

Postado em: 05/10/2018

Compartilhe esta notícia:

A Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Civil Municipal anunciaram que irão atuar de forma intensa em operação durante a eleição que ocorre neste domingo (7). Em todo o estado de São Paulo aproximadamente 60 mil policiais militares estarão mobilizados para atuar diretamente na operação. O policiamento será intensificado para garantir a segurança e a tranquilidade dos mais de 32 milhões de eleitores que deverão votar nas 645 cidades do estado, em todos os locais de votação.

Segundo o coronel do CPI-7 (Comando de Policiamento do Interior), Antonio Valdir, todo o efetivo policial estará empregado, inclusive trabalhando nas folgas regulares. O número de policiais que atuarão nesta operação na região não é divulgado por estratégia.

O CPI-7 é responsável pelo policiamento de 78 cidades, incluindo as da região de Sorocaba. Ele é formado pelos seguintes Batalhões da Polícia Militar do Interior: 7º BPM/I (Sorocaba), 12º BPM/I (Botucatu), 22º BPM/I (Itapetininga), 40º BPM/I (Votorantim), 50º BPM/I (Itu), 53º BPM/I (Avaré) e 54º BPM/I (Itapeva).

Além dos 60 mil policiais que estarão nas ruas, mais de 8 mil viaturas e 22 aeronaves participam da Operação, que envolve também o Policiamento Ambiental, Corpo de Bombeiros, Policiamento de Choque, Copom (Centro de Operações da Polícia Militar), Unidades Administrativas, Policiamento de Trânsito Urbano e Rodoviário, que inclusive realizará a Operação Direção Segura.

Como ocorre em todas as eleições, os policiais militares serão responsáveis pela segurança dos cartórios eleitorais, dos locais de votação, dos postos de justificação e da apuração. Já neste sábado (6 de outubro), 24 horas antes do início das eleições, os policiais militares farão a segurança das urnas eletrônicas e escolta até os locais de votação.

O prefeito de Sorocaba, José Crespo (DEM), em reunião com juízes eleitorais de Sorocaba, colocou à disposição o efetivo da Guarda Civil Municipal (GCM) para dar todo o apoio necessário à Justiça Eleitoral quanto à segurança dos locais de votação e seus entornos, desde o início desta sexta-feira (5) até o próximo domingo (07), com o término do primeiro turno.

Desde a última terça-feira (2), até 48 horas após o encerramento das eleições, a legislação eleitoral proíbe a prisão ou detenção de qualquer eleitor, salvo em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto. Constituem crime no dia da eleição, o uso de alto-falantes e amplificadores de som ou a promoção de comício ou carreata, a arregimentação de eleitor ou a propaganda de boca de urna e a divulgação de qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos. A Polícia Militar estará com todo o seu efetivo empregado para garantir a segurança da população. Votar é um exercício de cidadania. Vote consciente.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Use seu tempo livre de forma inteligente

Em Cena destaca teatro e música neste final de semana

“Não nasci para ser presidente, nasci para ser militar”, diz Bolsonaro

Receita abre amanhã consulta a lote de restituição do IR

Flamengo não tinha autorização para instalar contêiner, diz Prefeitura do RJ

Morador atira contra PMs da janela de apartamento em confusão por compra de carro