Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

PM faz o “rapa” na Feira da Barganha, prende uma pessoa e apreende aves

Postado em: 23/12/2018

Compartilhe esta notícia:

Uma megaoperação realizada pela Polícia Militar, nesta manhã de domingo (23), na Feira da Barganha, prendeu uma pessoa, apreendeu diversos tipos de produtos, veículos, inclusive dezenas de aves.

O intuito foi combater o comércio irregular de materiais, após receber constantes reclamações de munícipes, além de proibir a obstrução de vias públicas, como ocupação indevida de calçadas e canteiro central.

width=1032
Foto: Divulgação/PM

Para realizar a ação, a PM contou com o apoio da fiscalização da Prefeitura de Sorocaba, Guarda Civil Municipal e Urbes.

A operação foi iniciada às 8h30 e teve como foco, nesta primeira fase, a rua João Salvestro, onde, segundo a polícia, concentrava-se a maioria das infrações. Foram abordadas cerca de 150 pessoas, sendo uma pessoa presa que constava como procurada pela Justiça. Também houve fiscalização de 59 veículos, dos quais cinco foram recolhidos ao pátio e 11 lavraturas de auto de infração de trânsito.

width=1032
Foto: divulgação/PM

Ainda foram apreendidos 40 sacos lacrados de produtos irregulares que se encontravam à venda, como produtos eletrônicos, brinquedos, CDs e DVDs, bebidas alcoólicas, cremes, perfumes, bolsas, carteiras e frutas. Também foram confiscados 30 pneus e 47 aves comercializadas de forma irregular na via pública.

width=1158
Foto: divulgação/PM

A PM informou que outras operações do mesmo porte serão desenvolvidas visando manter a ordem e desestimular a prática de vendas ilícitas que tragam prejuízo à comunidade.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mortes pela Covid-19 sobem para 117 e casos confirmados chegam a 4.116 em Sorocaba

Prefeito catarinense sugere aplicar ozônio por via anal para tratar coronavírus

Candidatos têm 20 dias para campanha eleitoral, de olho no 2º turno

Sonia Cano - veja o artigo semanal do colunista Vanderlei Testa

Prefeitura de Sorocaba deve mais de R$ 8 milhões para a Santa Casa; não há previsão de pagamento

Câmara rejeita proposta de sessões noturnas; Higienização de areia é aprovada