Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

PF deflagra megaoperação para desarticular quadrilha especializada no tráfico de drogas

Postado em: 20/11/2019

Compartilhe esta notícia:

FOLHAPRESS

 A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (20), uma megaoperação para desarticular uma quadrilha especializada no tráfico de drogas entre o Brasil e a Europa por meio de uma rede de "mulas".

No jargão policial, "mulas" são pessoas que transportam porções de drogas dentro ou junto ao corpo.

Cerca de 200 policiais federais buscam cumprir 40 mandados de prisão e outros 40 de busca e apreensão nos estados de Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso, Paraíba, Amazonas, além do Distrito Federal.

A operação Wanderlust também deve apreender 40 veículos -entre embarcações, caminhões, automóveis e motocicletas–, e bloquear R$ 10 milhões em bens suspeitos movimentados pela organização criminosa.

As investigações, concentradas em Caxias do Sul (RS), iniciaram em março deste ano e identificaram uma rede de recrutamento de "mulas" em diversos estados do país.

No decorrer das investigações, a PF prendeu ao menos 25 pessoas em flagrante tentando transportar drogas em aeroportos brasileiros e do exterior sendo que, entre os presos, seis foram localizados em Portugal. A PF também informou que apreendeu quase duas toneladas de drogas no período.

Em paralelo, a Polícia Federal também desarticulou um esquema de embarques de haxixe do exterior ao Brasil. Em João Pessoa, capital da Paraíba, os policiais federais apreenderam 1,6 tonelada da droga em um veleiro que havia partido do Marrocos. A apreensão da droga é considerada a maior já registrada no país, informou a corporação.

Wanderlust é uma palavra alemã que, em tradução livre, significa desejo de viajar.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Com salários atrasados, funcionários de Casas Terapêuticas protestam na Câmara

Vereadora Iara Bernardi é homenageada na Câmara dos Deputados

Avesso a peixe cru, Bolsonaro come pouco em banquete e recorre a macarrão instantâneo

Jovem invade escola no RS e ataca estudantes com machado

Crespo tem novo pedido de voltar à prefeitura negado pela Justiça

Homem agride colega de trabalho e se mata em clínica veterinária em São Paulo