Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Orçamento de R$ 3,2 bi começa a ser debatido em audiência pública nesta 4ª

Postado em: 03/10/2018

Compartilhe esta notícia:

O Projeto de Lei nº 269/2018, que dispõe sobre o Orçamento do Município para o Exercício de 2019 – cuja receita total para o próximo ano está estimada em R$ 3,289 bilhões – começa a ser debatido em audiência pública nesta quarta-feira (3), às 9 horas, sob o comando da Comissão de Economia e Orçamento, presidida pelo vereador Hudson Pessini (MDB). O total geral de despesas previsto é de R$ 3,271 bilhões.

Nesta quarta devem ser ouvidos  os secretários da Fazenda (Marcelo Regalado), Igualdade e Assistência Social (Cíntia de Almeida), Cidadania e Participação Popular (Suélei Gonçalves), Conservação, Serviços Públicos e Obras (Fábio Pilão), Licitações e Contratos (Hudson Zuliani) e Mobilidade e Acessibilidade/Urbes (Luiz Alberto Fioravante).

A Secretaria da Saúde tem o maior orçamento previsto, no montante de R$ 571,2 milhões, seguida pela Secretaria de Educação, no montante de R$ 506,4 milhões. A Secretaria de Mobilidade e Acessibilidade tem o terceiro maior orçamento, com R$ 275,7 milhões, e a Secretaria de Saneamento, o quarto, com R$ 121,2 milhões. Na administração indireta, o maior orçamento é da Funserv, com R$ 334,9 milhões.

Sobre o Orçamento de 2019, o presidente Rodrigo Manga (DEM), afirmou que o momento é de “fechar a torneira” e economizar, lembrando o exemplo da Câmara Municipal, que no ano passado bateu recorde de economia, de mais de R$ 10,5 milhões, que ainda será superado em 2018. “O momento agora é de reduzir o custo do Estado para superar essa crise e depois reforçar com investimentos na cidade”, argumentou.

Cronograma do projeto

O projeto do Orçamento para 2019 passará, entre os dias 3 e 9 de outubro, por exame formal e adequações por parte da Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e Parcerias, presidida pelo vereador Hudson Pessini (MDB) e formada pelos vereadores Péricles Régis (MDB) e Anselmo Neto (PSDB). Após as audiências públicas que prosseguem até 10 de outubro, tem início o período para apresentação de emendas em primeira discussão, entre 15 e 19 de outubro. Em seguida, de 22 a 26 de outubro, essas emendas serão analisadas pela Comissão de Economia e Orçamento.

O projeto será votado em primeira discussão no dia 1° de novembro (uma quinta-feira). Abre-se, em seguida, de 5 a 9 de novembro, o período para apresentação de emendas em segunda discussão, que receberão parecer da Comissão de Economia e Orçamento no período de 12 a 20 de novembro. Em 27 de novembro (uma terça-feira), o projeto será votado em segunda discussão. Por fim, no dia 6 de dezembro (uma quinta-feira), o projeto será votado em definitivo.

Na sexta-feira, 5, às 9 horas, serão ouvidos os secretários da Saúde (Marina Elaine Pereira), Meio Ambiente, Parques e Jardins (Jessé Loures), Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Robson Coivo), Saneamento/Saae (Alceu Segamarchi Júnior), Relações Institucionais e Metropolitanas (Flávio Chaves) e Segurança e Defesa Civil (Jefferson Gonzaga).

Na segunda-feira, 8, às 9 horas, serão ouvidos os secretários da Educação (André Gomes), Assuntos Jurídicos e Patrimoniais (Ana Lúcia Sabbadin), Recursos Humanos (Osmar Thibes), Esportes e Lazer (Simei Lamarca), Cultura e Turismo (Werinton Kermes) e Planejamento e Projetos (Mirian Zacareli).

Na quarta-feira, 10, às 9 horas, serão ouvidos os secretários do Gabinete Central (Éric Vieira), Funserv (Silvana Chinelatto), Empresa Parque Tecnológico (Roberto Freitas), Abastecimento, Agricultura e Nutrição (Fernando Oliveira), Comunicação e Eventos (Eloy de Oliveira) e Habitação e Regularização Fundiária (Fábio Camargo).

Confira aqui o cronograma para debater o orçamento para 2019

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Acusado de assassinar Rafaela hospedou-se em pensão utilizando “auxílio-detento”

Flávio Amary é eleito presidente de Fórum Nacional ligado ao setor da Habitação

Homem de 29 anos é esfaqueado pelo padrasto em Aparecidinha; suspeito é idoso e fugiu em caminhonete

Conselho suspende por seis meses licença de médico suspeito de abusar de pacientes

15 anos da PetitPoá

Terceiro ano de “Stranger Things” ganha trailer final antes da estreia